Projeto-de-instalacoes-eletricas

QiElétrico: Conheça as 7 Etapas do Projeto Elétrico

As Instalações Elétricas são uma etapa fundamental na construção, reforma ou adequação de qualquer ambiente. Um projeto de qualidade impede que haja falta de energia e previne contra curtos-circuitos, que poderiam colocar em risco a segurança dos usuários. Na Fluxo Consultoria, esse projeto é feito por meio do QiElétrico, um dos softwares mais confiáveis do mercado.

Inicialmente, é preciso ter a Planta Baixa da casa ou estabelecimento, que é utilizada como base para a alocação dos componentes elétricos. A partir do momento em que ela é digitalizada e inserida no QiElétrico, já é possível dar início à execução do projeto.

1) Pontos de luz

Em qualquer tipo de ambiente, a falta ou insuficiência de iluminação é prejudicial. Por esse motivo, é importante escolher a quantidade de pontos de luz que será instalada e onde eles ficarão posicionados, o que depende muito da função e do tamanho do espaço. Um grande estabelecimento comercial, por exemplo, terá uma necessidade maior do que o cômodo de uma residência.

O QiElétrico permite que essa etapa seja feita de forma muito rápida, uma vez que ele já disponibiliza vários tipos diferentes de iluminação. Além de permitir ajustar a potência das lâmpadas, o que interfere na quantidade de luz que elas propagam, o software também já apresenta opções de posicionamento, que permite alocá-las no teto ou na parede, por exemplo.

2) Tomadas e interruptores

Após o posicionamento da iluminação, é hora de acrescentar também as tomadas. Além da quantidade e da localização das mesmas, também é importante avaliar quais aparelhos ficarão ligados a cada uma. Alguns equipamentos, como microondas e ar condicionado, precisam receber potências mais altas, o que deve ser considerado no momento do projeto.

Quando os pontos de luz e as tomadas estiverem devidamente alocados, é preciso distribuir os interruptores, que controlam o funcionamento da iluminação. Durante a execução do projeto, é possível escolher, por exemplo, se haverá dois pontos diferentes para acender uma mesma lâmpada – ou mais de uma lâmpada para ser acendida por um mesmo ponto.

3) Quadros e Circuitos

medindo-quadro-eletrico

Em algum momento, pode ser necessário fazer reparos na parte elétrica do ambiente, o que possivelmente requer o desligamento da mesma. Para que não seja preciso desligar todos os aparelhos e pontos de luz ao mesmo tempo, as instalações são divididas em circuitos, que permitem a desativação de suas partes isoladamente.

A fim de que esse controle possa ser feito pelos usuários do ambiente, são alocados quadros de distribuição, que abrigam os disjuntores dos diferentes circuitos. Por meio deles, é possível desligar determinadas partes da instalação, sem que haja prejuízo às demais. No QiElétrico, há uma ferramenta específica para inseri-los e alterar suas propriedades.

Depois que os quadros já foram posicionados, faz-se necessário dividir os circuitos, formados por diferentes elementos que utilizam uma fiação em comum. Tomadas e pontos de luz, por exemplo, devem ser alocados separadamente. O QiElétrico possui uma ferramenta própria para esse fim, que cria uma tabela associada às instalações, com as informações de cada um dos circuitos.

divisão em circuitos de forma correta evita que haja sobrecarga de algum deles, o que poderia levar a um curto-circuito. Veja aqui algumas formas de identificá-los e evitá-los.

4) Eletrodutos

Para que a fiação não fique exposta, utiliza-se eletrodutos a fim de agrupá-los e protegê-los do meio externo. Eles ligam o quadro de cargas aos pontos de utilização e, geralmente, são feitos de materiais flexíveis – motivo pelo qual são representados por linhas curvas, não retas. O QiElétrico apresenta tanto a opção de lançá-los manualmente, quanto automaticamente. No segundo caso, ele já reconhece de forma automática a divisão dos circuitos, os pontos de utilização e o quadro de carga, o que garante a realização da etapa de forma eficiente e segura.

5) Outros Pavimentos

No caso de uma edificação com mais de um pavimento tipo, o QiElétrico permite utilizar o primeiro como base, para que não seja necessário repetir todos os procedimentos anteriores. Diferente de outros softwares, ele já reconhece e contabiliza os diferentes andares para os cálculos finais,  o que facilita e agiliza o trabalho.

Inicialmente, aloca-se na planta uma caixa de passagem, por onde passa a fiação que conectará os diferentes andares da construção. Depois, é possível lançar automaticamente os demais pavimentos e renumerar os elementos que os compõem, gerando tabelas referentes a todos os circuitos da edificação.

6) Dimensionamento

Para que seja possível dimensionar os componentes do circuito, é necessário alocar a fiação nos eletrodutos correspondentes. Como a seção de cada um permite a colocação de uma quantidade limitada de fios, é necessário que o processo seja feito com muita atenção, para evitar problemas no momento da execução da obra.

Felizmente, todo esse processo é feito automaticamente pelo QiElétrico. Ele passa a fiação pelos eletrodutos, equilibra as diferentes fases e dimensiona tanto a fiação, quanto os condutos. Dessa forma, o projeto fica muito menos sujeito ao erro humano, já que o próprio software unifica as informações da planta e os cálculos.

7) Finalização

projeto-eletrico-3d-feito-com-qi-eletrico

Na prancha de instalações elétricas, há outros componentes além da Planta Baixa. O Quadro de Cargas indica a divisão dos circuitos e das fases, bem como as características de cada um, como a corrente e a potência. Os Diagramas Unifilar e Trifilar representam esquematicamente as instalações, de forma a facilitar a compreensão delas e do próprio Quadro. A Lista de Materiais, por sua vez, apresenta quais serão os componentes necessários para a execução da obra, o que facilita também na montagem de um orçamento. O QiElétrico também gera todos esses componentes de forma automática.

O software permite que os desenhos sejam organizados na prancha e, depois, plotados no tamanho mais adequado para impressão. Além disso, também possui a opção de transformá-los em um arquivo PDF, de fácil visualização.

Após a realização desses sete passos, o Projeto de Instalações Elétricas está concluído, de forma segura e rápida. A curto prazo, ele diminui possíveis gastos com material desnecessário e, a médio e longo prazo, diminui a necessidade de serviços de manutenção. Para mais informações sobre como reduzir custos, veja nosso artigo sobre Eficiência Energética.

E você? Quer fazer sua construção ou reforma de maneira econômica e segura? Nós podemos te ajudar! Fale com um de nossos consultores e peça um projeto de instalações elétricas personalizado.

 

Isabella Refkalefsky

Isabella Refkalefsky é estudante de Engenharia Civil e Diretora de Marketing da Fluxo Consultoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *