Canvas

Como Estruturar um Negócio com o Business Model Canvas

Começar um negócio do zero, ou inovar em um existente pode parecer uma tarefa difícil e muitas dúvidas podem surgir no processo. Será que meu empreendimento é viável? O que preciso planejar antes de abrir meu negócio? Será que minhas ideias para meu empreendimento encaixam umas com as outras? Nesse artigo, abordaremos o Canvas e como ele é usado para estruturar uma empresa.

Assim, existem ferramentas relativamente simples que ajudam a estabelecer uma definição melhor do negócio e direcioná-lo para a viabilidade, lucratividade, fidelização de clientes e a diferenciação perante o mercado.

O Business Model Canvas, um mapa visual utilizado na elaboração de Plano de Negócios, é uma dessas ferramentas que ajudam o empreendedor a desenvolver um Modelo de Negócios através de 9 áreas estratégicas que toda empresa deve estabelecer. Cada área do Canvas tem sua importância e todas elas devem ser coerentes entre si para que o Modelo Negócios seja bem estruturado.

Modelo de Negócios – Canvas

Canvas

1 Proposta de Valor

A proposta de valor é aquilo que seu negócio oferece para os clientes e que agregam algum valor para eles, pelo que eles pagariam. Pode ser desde um produto ou serviço diferenciado até a experiência de um atendimento personalizado.

2  Segmento de Clientes

O público-alvo de seus produtos ou serviços oferecidos, para quem o seu empreendimento deve focar em vender. Deve-se identificar diversas características dos potenciais clientes do negócio, levando em conta características como sexo, idade e classe econômica.

3 Canais

A forma como o cliente irá comprar e receber seu produto ou serviço e como a empresa vai se comunicar e alcançar esses clientes para entregar a proposta de valor oferecida. Nessa etapa deve ser definido coisas como: se o atendimento será presencial, se haverá a possibilidade de entrega a domicilio, se e interessante a criação de um site, estratégias de marketing, entre outros como o facebook marketing.

4 Relacionamento com clientes 

Como que a empresa irá se relacionar com cada segmento de clientes para atrair, conquistar e fidelizar cada vez mais seus clientes. É importante pensar em como os clientes poderão entrar em contato com a empresa para dar sugestões, reclamações e avaliações do produto e serviço oferecido, como as pesquisas de satisfação podem ser feitas quais canais serão usados (telefone, redes sociais, atendimento físico).

5 Atividades principais

Atividades essenciais que a empresa deve realizar para fazer o Modelo de Negócios funcionar, a proposta de valor ser entregue, construir canais necessários e manter o relacionamento com clientes. Essas atividades podem ser desde construir uma loja física até a manutenção de um site da empresa. O importante é que vooê pense no seu canvas e não use modelos de plano de negócios prontos que não correspondem a sua realidade.

Recursos principais

São todos os recursos necessários para a realização das atividades principais e para manter e dar suporte ao negócio. O Canvas costuma ser preenchido com post its para facilitar a organização. Esses recursos podem ser maquinas, equipes, plataformas de tecnologia, ou seja, tanto bens materiais quanto recursos imateriais.

Parcerias principais

 As parcerias principais são rede de fornecedores, parceiros e alianças de negócio que ajudam de alguma forma no funcionamento de seu empreendimento, seja contribuindo de forma terceirizada através de serviços ou através de recursos adquiridos fora da empresa. Os parceiros principais podem tanto contribuir com as Atividades Principais de seu negócio quanto com os Recursos Principais necessários.

Receitas

As fontes de receita são as formas que a empresa irá gerar dinheiro, os rendimentos de uma empresa. É nesse momento que o empreendedor deve se perguntar: Quanto e como vou receber dos meus clientes? De que forma os produtos e serviços vão gerar retorno financeiro? Nessa etapa são definidas questões como venda direta, aluguel, assinatura de pacotes, publicidade paga, entre outras formas de geração de receita. Cuidado, é um erro muito comum que empresas familiares misturem as finanças da empresa com as de casa. Saiba mais nesse artigo: como não falir sua empresa familiar.

9 Estrutura de Custos

Essa parte do Canvas representa os custos relevantes e necessários para se manter e construir todo o modelo de negócios proposto. Nesse item deve-se incluir custos com materiais, manutenção, funcionários, entre outros. Saiba mais sobre a estrutura de custos e como aumentar sua margem de lucro.

Com essas nove etapas e possível começar a estruturar um negócio de forma bastante visual e dinâmica.  Por isso, é importante lembrar que o Canvas permite a inovação a qualquer momento e que a primeira versão não é sempre a definitiva, pode-se aprimorar e tornar o modelo de negócios mais criativo sempre que uma ideia nova surgir.

Agora é sua vez

Pronto para começar a estruturar seu negócio de sucesso? Leia nosso segundo artigo com dicas para tirar todo potencial do seu business model canvas.

Deixe sua dúvida sobre canvas, sugestão ou o que achou do artigo nos comentários e continue acompanhando o blog para mais dicas sobre empreendedorismo e criação de novos negócios.

 

Júlia Queiroz

Graduanda em Engenharia de Produção, atualmente trabalha como Gerente de Projetos e Assessora de Marketing. Gerenciou projetos de Pesquisa de Mercado e de Plantas Arquitetônicas, já trabalhou como Assessora de Projetos e é responsável pela área de Produção e Marketing de Conteúdo.

This Post Has 25 Comments

  1. Sensacional esse artigo, tenho uma duvida. Estou montando um modelo de negócio, com base no blog, porem estou desenvolvendo um sistema, e o meu modelo de negócio vai alem do sistema, pq irá integrar outras ferramentas que estou desenvolvendo devo montar uma plano de negócio, com modelos dentro dele?

    1. Fala, João. Que bom que gostou do artigo!

      A dúvida é muito pertinente,obrigado por comentar. No geral, você aborda no canvas tudo que tenha relação com sua proposta de valor e a dor do cliente.

      Pensando nisso, fizemos um artigo sobre Mapa de Empatia para sistemas mais complexos e Como usar todo potencial do CANVAS

      Qualquer dúvida pode falar aqui nos comentários.

  2. […] A parceria coerente na estruturação ou revisão do modelo de negócios é a metodologia Business Model Canvas, na qual seus nove blocos definem as particularidades da empresa. A partir dela, o empreendedor toma consciência do mercado no qual está inserido e de algumas ações a serem tomadas, principalmente com relação aos clientes, recursos e parceiros e atividades chave. Neste outro artigo, ensinamos a criar seu modelo de negócios com Canvas. […]

    1. Boa tarde, gostei das informações realmente estou querendo abrir meu próprio negócio, mas com esta crise ando com receio de não dar certo e perder o que investi, mas ainda continuo pensando se coloco em prática meu projeto, um abraço!

  3. […] Vale frisar que ter um modelo de negócio bem estruturado é essencial para qualquer novo empreendimento. Definindo a sua proposta de valor, sua estrutura de custos e seu segmento de clientes, é muito mais fácil se posicionar no mercado de forma a alavancar suas chances de sucesso. Está na dúvida de como estruturar seu negócio? A gente pode te ajudar com esse artigo sobre canvas. […]

  4. Gostei do artigo, quero abrir uma empresa entrarei em contato para saber mais sobre projetos de plano de negócios. Qual a duração deles, a propósito?

    1. Olá, André. Como consultoria, a duração dos projetos varia muito dependendo do segmento de atuação, maturidade da ideia e objetivos do cliente ( que pode querer fazer o planejamento estratégico para definir metas ou conseguir investidores através de um sumário executivo), mas em média de 3 a 4 meses para elaboração do plano de gestão, operacional, marketing e financeiro.

      Podemos dar uma estimativa mais exata depois de uma conversa com um consultor, entra em contato com a gente.

      Forte Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *