Empreender-na-crise-startup Encontram Oportunidade De Crescer

Vale a pena empreender na crise?

Pesquisas mostram que, no geral, startups são menos afetadas por crises do que grandes empresas. Para isso, é importante saber como aproveitar as oportunidades que o momento oferece.

Ao abrir um negócio, um dos primeiros critérios analisados normalmente é a situação econômica do país. Antes de empreender na crise, é importante saber como se beneficiar do déficit financeiro que o país enfrenta e, a partir daí, criar novas oportunidades para o crescimento do seu negócio. Além disso, existem ferramentas para quem deseja empreender com pouco dinheiro.

Veja a seguir algumas dicas para empreender na crise:

1-Entenda Melhor a causa da Crise

O primeiro passo para se preparar para uma gestão é entender seus desafios. A crise no Brasil começou com o desequilíbrio nas contas públicas. Com isso, as dívidas públicas aumentaram e, após a recuperação da crise econômica nos Estados Unidos, os investidores passaram a investir no exterior, provocando a desvalorização do real. Esta situação de instabilidade econômica provoca queda no consumo do país.

Entretanto, o cenário não é de todo ruim. Uma pesquisa realizada pela Universidade de Tecnologia de Queensland, apontou que startups não são impactadas significativamente pela crise. Um dos motivos para isso é justificado pelo fato de que pequenas empresas possuem maior facilidade para mudar o direcionamento de seu planejamento estratégico e fluxo de caixa.

2- Fique atento às tendências do Mercado

Com a crise econômica no Brasil, as prioridades dos consumidores mudaram. Com o orçamento apertado, os compradores dão preferência para produtos ou serviços essenciais. Sendo assim, antes de empreender na crise, é importante avaliar se o seu negócio oferece algo indispensável ao consumidor. Outra tendência importante é que ideias inovadoras que buscam facilitar o dia-a-dia do cliente, aliadas ao bom preço, também possuem espaço no mercado.

Além disso, serviços de manutenção e reparo têm ganhado um espaço maior no mercado. Com a alta da inflação e o corte de benefícios fiscais do governo, os consumidores têm apresentado maior interesse no serviço de manutenção, ao invés de comprar um produto novo. Nesse artigo, explicamos uma outra tendência: a profissionalização de empresas familiares.

Outra vantagem de uma startup no momento atual é que a pesquisa de preço e a preferência por marcas mais baratas entraram na rotina do consumidor. Com isso, o surgimento de novas marcas que ofereçam um produto e/ou serviço de qualidade a baixo custo representa uma ameaça às empresas já consolidadas no mercado e uma oportunidade para quem quer começar seu próprio negócio.

3-Busque Oportunidades de crescimento

Nem todos tem coragem de empreender na crise, então a concorrência diminui e se torna mais qualificada. A maioria das pessoas prefere esconder-se em sua zona de conforto e esperar a economia estabilizar-se novamente. É neste momento que as oportunidades aparecem e aqueles que possuem coragem para aproveitá-las se destacam.

É principalmente durante um momento de instabilidade que os problemas das empresas começam a aparecer. Portanto, não hesite em rever seus processos e sua gestão. É importante também perceber os erros e acertos dos concorrentes e usá-los a seu favor.

Crise econômica é uma fase de instabilidade e, ao mesmo tempo, de oportunidades. Há inúmeras formas de crescimento, mas é importante estar atento às necessidades e tendências do mercado.

Gostou do artigo e quer melhorar o desempenho da sua empresa? Deixe seu comentário e não perca as próximas postagens do blog da Fluxo inscrevendo-se na nossa newsletter.

This Post Has 7 Comments

  1. Boa Tarde!
    Muito interessante as reportagens, percebo que vocês entendem sobre o assunto, pois já estudei muito sobre marketing e vocês comunicam de uma forma fácil e agradável. Parabéns.
    Simon

  2. […] Um empreendedor é uma pessoa confiante por natureza, mas não devemos confundir autoconfiança com ego. O empreendedor conhece e reconhece suas limitações, porém, isso não impede ele de correr atrás dos seus objetivos e nem de ter as iniciativas necessárias para alcança-los. Ele sabe que, se focar e se empenhar em algo, é capaz de conseguir qualquer coisa e responde sem dúvidas se : empreender na crise vale a pena. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *