Estratégia Empresarial

Conheça o BSC e os Vilões da Estratégia Empresarial

O que é Estratégia Empresarial?

A estratégia empresarial é um conjunto de diretrizes usado para nortear as ações, implementações e operações de uma empresa. A partir dela, você alinha os insumos que possui com o que planeja alcançar. Foi pensada como uma forma de tornar as empresas que a utilizam cada vez mais competitivas dentro do mercado, e conta com a análise de ambientes e de concorrentes para direcionar as ações de todos os níveis da organização. Além disso, é um meio de promover a satisfação dos clientes e atingir os objetivos de desempenho, e tem como seu ponto central o desenvolvimento de competências.

Para que serve estratégia empresarial?

Quando não temos um caminho a ser seguido para atingir algum tipo de objetivo, é muito mais difícil alcançar o que planejamos. Para isso, a estratégia empresarial visa enxugar processos e maximizar a capacidade produtiva de empresas, para atingir o público alvo esperado e conquistar marketshare. Além disso, ela serve para prever gastos e ações de concorrentes, bem como ajuda a fornecer um plano para crescimento e estudo do mercado.

Para implementá-la você pode se valer do Planejamento Estratégico Administrativo e Operacional, que são feitos de acordo com o nível de destrinchamento e base de controle da sua empresa, sendo separados em nível estratégico, tático e operacional. Ela também fornece uma diretriz sobre as inovações que a empresa planeja implementar, e como aquilo afetará o funcionamento e caminho em direção ao objetivo maior – a Visão.

Como implementar estratégia empresarial?

Para implementar a estratégia empresarial, é preciso um planejamento onde constam Missão, Visão e Valores além de metas da organização. A partir dele e da análise de ambientes, serão escolhidos os objetivos estratégicos. O Planejamento Estratégico será o documento mais importante para o início da implementação, pois indica o processo que envolve o maior prazo e promove um sentido de coerência e força aos atos e às decisões no tempo. Ele pode ser embasado em diversos modelos de referência.

Baixe o nosso ebook de planejamento estratégico agora e descubra como planejar e alavancar o crescimento da sua empresa.

Na Fluxo, foi usado o modelo de Certo & Peter, de 1993, que prevê as etapas de Análise do Ambiente, Diretriz Organizacional, Formulação da Estratégia, Implementação da Estratégia e Controle Estratégico. Para que isso seja ilustrado, pode-se usar também o BSC – Balanced Scorecard – que é uma metodologia de medição e gestão de desempenho desenvolvida pelos professores da Harvard Business School (HBS) Robert Kaplan e David Norton, em 1992, pensada para para inserir a estratégia no centro dos processos gerenciais de forma criativa e concisa.

A metodologia do BSC, em sua forma mais simplificada, utiliza quatro perspectivas: Financeira, Clientes, Processos Internos e Aprendizado e Inovação. Veja:

planejamento-estrategico-estratégia-empresarial- BSC - Fluxo Consultoria

Contudo, para cada empresa, é possível adequar as perspectivas para a realidade em que cada uma se insere. Diversos fatores são importantes para que a estratégia tenha sucesso dentro da empresa, e um dos mais importantes é a Cultura Organizacional, que visa a motivação e alinhamento dos funcionários com as grandes escolhas da organização. Tendo como base uma forte cultura e funcionários alinhados, você permite que a empresa tenha os insumos humanos mais motivados para rodar processos, gerenciar projetos e fabricar produtos. Em outras palavras, permite que o trabalho renda mais, trazendo uma série de outros benefícios.

Como medir os resultados de sua estratégia empresarial?

Para medirmos se a nossa estratégia empresarial está condizente com o ambiente e com os processos são usados indicadores estratégicos – números que carregam informações importantes e indicam se a empresa está sendo direcionada de fato para o que foi planejado. A partir deles podem ser traçados planos de ação para correções de expectativas desalinhadas, bem como entender e explorar os pontos fortes de cada organização. Um bom planejamento estratégico é flexível e renovável, precisando passar de tempos em tempos por uma nova análise de ambientes e por uma nova escolha de objetivos estratégicos.

Para isso, ferramentas como a Matriz Swot (saiba mais em: “6 estratégias para vencer a concorrência”) e as 5 Forças de Porter (abordadas em “Como entender o ambiente externo de uma indústria com as 5 Forças de Porter”) podem ser usadas visando fornecer insumos interessantes para o negócio, bem como a metodologia PDCA – Plan, Do, Check, Act – que pode ser usada para avaliação da eficiência e readequação da estratégia. Além disso, outras formas de medir a estratégia e a qualidade dos processos são a partir de premiações e selos de qualidade.

Cuidado com os vilões da estratégia!

Embora a implementação da estratégia empresarial seja cada vez mais importante dentro do mercado, nem sempre conseguimos fazê-la de forma efetiva. Problemas como comunicação ineficaz, falta de recursos, imaturidade dos líderes, falta de mecanismos eficazes de controle, falta de incentivos e reconhecimento, inadequação da cultura, falta de análise do orçamento, dentre outros fatores podem trazer insucesso para a organização. Por isso, é importante que o Planejamento Estratégico, e consequentes Planejamentos Administrativos e Operacionais sejam amplamente estudados, levando em consideração todas as perspectivas e metodologias aplicáveis à singularidade de cada setor.

Colhendo os frutos

Diversas pesquisas mostram o aumento na eficiência e competitividade de empresas que adotam a estratégia como parte importante de seu planejamento e de sua rotina. Planejamentos Financeiros e aplicações direcionadas, maior satisfação dos clientes e dos funcionários, crescimento acelerado de lucro e competitividade são apenas alguns dos fatores que se mostram como benefícios a partir de um estudo concreto de estratégia empresarial.

Gostou do artigo sobre o que é estratégia empresarial? Então deixei seus comentários e saiba mais sobre planejamento estratégico na nossa newsletter.

Milena Maia

Graduanda em Engenharia Mecânica, atualmente trabalha como Gerente de Projetos e Assessora de Marketing. Gerenciou projetos de Estudo de Flexibilidade, Detalhamento de Projeto, Estudo de Mercado, Neutralização de Carbono e Manual de Boas Práticas.

This Post Has 12 Comments

  1. ótimo artigo, a maioria das empresas, sobretudo as pequenas, negligencia a necessidade de um planejamento estratégico, ferramenta que as tornaria muito mais lucrativas. É importante lembrarmos que a simples existência de metas já faz a diferença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *