Margem De Lucro -gestao-fluxo-consultoria-negocios-plano-de-negocios

Margem de lucro: 4 problemas que podem reduzir a sua

Como evitar erros que podem reduzir sua margem de lucro?

Se você é ou quer ser dono do seu próprio negócio, com certeza já parou para pensar na responsabilidade que será colocada em suas mãos e se a margem de lucro será suficiente. Lidar com tudo que acontece na sua empresa – fluxo de caixa, gestão de pessoas, lucro, pagamento de impostos, etc é um desafio, e você precisa estar preparado.

Às vezes, a pressão e a inexperiência podem fazer com que seja difícil promover o negócio corretamente. Isso pode levar a erros perigosos que irão afetar sua margem de lucro. Pensando nisso, listamos quatro problemas que podem reduzir o lucro de sua empresa e demos dicas de como resolvê-los.

1. Aumento nos custos

Já podemos começar abordando a relação com a crise financeira em que o país se situa. Um problema inevitável que pode reduzir as margens de lucro de sua empresa é o aumento nos custos de produção. Com o tempo, seus fornecedores, naturalmente, querem aumentar a sua própria receita e margens, além de também precisarem se defender da crise. Esses fatores podem levá-los a negociar ou simplesmente cobrar preços e taxas mais elevadas sobre as mercadorias.

Ser pego de surpresa por um aumento de custos, não sabendo como lidar com isso, pode afetar negativamente sua margem de lucro. Para se prevenir, é imprescindível que você possua uma boa organização financeira do seu negócio.  Conhecer bem seus produtos e serviços, identificando quais possuem a maior margem de contribuição (ou seja, que geram maior lucro para a empresa em relação ao preço de venda), e como se deu a variação de preços ao longo do tempo, são algumas das informações essenciais para que se alcance essa organização. Por exemplo, se você aplicou vários descontos e promoções para atrair compradores ultimamente, é importante analisar o risco dos clientes terem se familiarizado com as quedas de preços e não estarem dispostos a pagar mais caro.

Alternativas para aumentar a margem de lucro

Nesse caso, saber negociar os custos, ou mesmo procurar novos fornecedores será essencial. Mas se a sua empresa já está mais consolidada no mercado, mesmo que localmente, possuindo uma marca mais forte, a manutenção de preços, ou mesmo aumento deles pode ajudar a cobrir o aumento de custos, sem prejudicar as margens de lucro. Outra sugestão é a fidelização de fornecedores. Com contratos de médio/longo prazos, que, por exemplo, reajustam os preços cobrados de acordo com a inflação, será muito mais fácil prever e controlar seus custos, assim definindo seus preços de forma mais eficaz.

2. Empresário multifuncional

Muitos empresários, ao abrirem suas empresas, subestimam a necessidade de pedir ajuda ou assistência em aspectos administrativos que não são seus pontos fortes. Com isso, além de trabalharem mais, e com menos eficiência, as margens de lucro podem acabar sendo prejudicadas. Por exemplo, um empresário que conhece bem estratégias de marketing, mas que não possui experiência em planos financeiros, não deveria ficar responsável por ambas as áreas.

As ações de marketing não serão tão boas quanto poderiam, já que ele não conseguirá dedicar muito tempo pensando em ideias, e ao mesmo tempo, falhas na gestão financeira seriam muito prováveis. Como explicado anteriormente, a organização financeira é importantíssima, e erros como pedir dinheiro emprestado sem necessidade ou atrasar o pagamento de impostos podem ocorrer caso o responsável não seja qualificado. Outra falha relacionada a isso, que ocorre principalmente nos pequenos negócios, é misturar as contas e dívidas pessoais com as da empresa, o que apenas contribuirá para confundir suas finanças, fazendo com que se gaste mais que o planejado ou se utilize, em benefício próprio, de uma quantia que deveria ser destinada a empresa.  ,

Então, além de estudar sobre as áreas em que você não é um especialista, é essencial contar com a ajuda de ou outro serviço profissional (saiba mais em “5 dicas para tornar a gestão acessível a micro e pequenas empresas”), para, por exemplo, analisar corretamente suas contas e fluxo de caixa, ou mesmo para fazer um plano de negócios confiável. Assim, seu negócio poderá funcionar eficientemente, evitando perdas nas margens de lucro.

3. “Para que Marketing?”

Estar localizado em uma área muito movimentada ou fornecer um produto que está em alta demanda são condições ótimas em que a minoria dos negócios se encaixa, principalmente quando são de pequeno e médio porte. Para conseguir alcançar o sucesso e obter o máximo de lucro, os empresários necessitam, além de pensar no produto ou serviço que é fornecido aos clientes, elaborar estratégias de marketing para o seu negócio. Esse é mais um problema que muitas empresas enfrentam, já que podem acabar por não investir suficientemente em marketing, ou fazer isso de maneira errada, reduzindo o lucro que poderia ser obtido pelo negócio.

Identificar e conhecer seus clientes, entendendo seus desejos e necessidades são essenciais para essa questão.  Mais do que fazer com que seus produtos se encaixem nessa demanda, se utilizar de estratégias de marketing que demonstrem que os valores e objetivos da sua empresa estão associados à forma de pensar de seus clientes fará com que a atração de clientes se torne muito mais efetiva. Ainda vale ressaltar a importância, atualmente, do marketing digital. Além do baixo custo e da maior flexibilidade, fazer marketing em sites e mídias sociais pode alcançar uma quantidade muito maior de pessoas. Para se ter uma noção mais aprofundada sobre esse aspecto, dê uma olhada no nosso artigo sobre Facebook marketing.

4. “Em time que está ganhando não se mexe”

No mundo globalizado, o sucesso é quase sempre alcançado a partir da colaboração. Isso não significa que você deve apenas se preocupar em ajudar os outros, sem pensar no crescimento do seu próprio negócio; mas sim que esse crescimento é dependente da sua relação com o mercado, concorrentes, etc. Não é viável aderir a um modelo de negócio e acreditar que ele funcionará para sempre. Isso fará com que você fique cada vez mais distante das tendências do mercado, perdendo clientes e assim reduzindo seus lucros.

Portanto, mesmo que a relação com a margem de lucro pareça indireta, sempre procure participar de conferências relacionadas ao seu negócio, pesquise a respeito das tendências do mercado, conheça e analise seus concorrentes, trocando experiências quando possível e procurando saber o que eles fazem de forma diferente e quais são as vantagens e desvantagens em relação à sua empresa.

Identificou algum desses problemas na sua empresa? Então não perca tempo e procure resolvê-los o quanto antes. Assim, seu negócio terá tudo para alcançar o sucesso!

Se você gostou do artigo sobre margem de lucro, por favor, compartilhe nas redes sociais e inscreva-se na nossa newsletter!

Caio Mateus

Graduando em Engenharia Elétrica, atualmente trabalha como Gerente de Projetos e Assessor Administrativo-Financeiro. Já gerenciou projeto de Instalações Prediais e de Plantas Arquitetônicas.

This Post Has 2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *