Motor-de-carro-sendo-impresso-com-impressora-3d

O Uso da Impressão 3D nas Grandes Indústrias

O conceito da impressão 3D nas grandes indústrias já é uma realidade na indústria brasileira. Também conhecida como manufatura aditiva, a prática tem melhorado o processo de criação de novos produtos como a fabricação de protótipos, acelerando o tempo de produção e diminuindo sensivelmente os custos. Estima-se que até 2027, 10% de tudo o que for produzido no mundo será impresso em 3D.

Uma das principais razões para o acelerado crescimento da utilização desta tecnologia na indústria de produção, é o fato do processo adotado por estas impressoras consumir menos material ou menos desperdício, se tornado uma alternativa viável aos métodos tradicionais de fabricação.

Nas máquinas de impressão 3D nas grandes indústrias já é possível imprimir produtos em nylon, termoplástico, bronze, aço, prata, cerâmica dentre outros, englobando diversas possibilidades e permitindo inúmeras aplicações. Atualmente são essas possibilidades que as empresas buscam para se destacarem no mercado.

Grandes empresas estão utilizando a impressão 3D em seus projetos

impressora-3d-ultimaker

As impressoras 3D têm potencial para transformar indústrias e modelos de negócio de forma significativa. As empresas que apostam nessa inovação de novos negócios estão faturando com este mercado, confira abaixo alguns exemplos desse faturamento com impressão 3D nas grandes indústrias.

A General Electric (GE) testou um motor de demonstração com 35% de suas partes criadas por manufatura aditiva. O motor foi feito para validar peças impressas em 3D para o motor de turbo compressor Advanced Turboprop (ATP). A técnica utilizada na impressão 3D de peças metálicas é conhecida como Fusão Metálica Direta a Laser, ou DMLM (Direct Metal Laser Melting).

A ThyssenKrupp, que fabrica elevadores, usa a impressão 3D não só para elaborar protótipos de componentes de equipamentos como para fabricar peças aplicadas no produto final. A ideia ganhou força depois que foi atestada que o produto era de qualidade e poderia ser usado na substituição de itens do maquinário de elevadores em manutenção.

A Ford, montadora americana, é a primeira do segmento a utilizar esse tipo de tecnologia em seus veículos. A empresa utiliza impressão 3D para criação de protótipos e para o desenvolvimento de novos componentes. O carro esportivo Ford GT, por exemplo, foi um veículo dos quais diversos componentes foram criados utilizando essa tecnologia. Abaixo temos um modelo de um motor Ford Zetec impresso 3D.

A Hyundai adotou esta tecnologia após verificar que os consumidores julgam a qualidade de um veículo por diversos fatores, como componentes e acabamentos. Assim, a montadora passou a criar protótipos rápidos para avaliar os mínimos detalhes e garantir ajustes precisos, capazes de tornar a qualidade palpável, antes do veículo chegar ao seu consumidor.

Com a missão de “tornar real” os projetos, que ainda só existem no computador, das próximas gerações de veículos da Volkswagen do Brasil, a área de Engenharia de Protótipos tem contado com o auxílio de uma impressora 3D à base de resina líquida e laser. Criando peças de automóveis que passam por testes, entre os quais de durabilidade e segurança (crash).

Na fábrica da BMW, a manufatura aditiva é utilizada para inovar no design dos veículos e na produção rápida de ferramentas, moldes e gabaritos específicos. A empresa se orgulha de realizar pesquisas com impressão 3D desde os anos 1990. O grupo imprime mais de 140 mil peças por ano, incluindo partes do novo BMW i8 Roadster.

Start-up’s e empresa júnior também estão utilizando a impressão 3D em seus projetos

A empresa Blizzident, de mesmo nome de seu produto, imprime escovas de dente personalizadas, ou seja, sob medida para cada cliente se encaixando perfeitamente à sua arcada dentária. A Blizzident não tem o formato de uma escova convencional. A empresa promete ao cliente uma escovação completa em apenas 6 segundos. O preço é tão exclusivo como o produto, pois a escova custa em torno de 300 euros.

A start-up brasileira ImprimaLAB é uma empresa de serviços de impressão 3D e se destaca pelo seu incrível acabamento altamente profissional, dando um toque único a cada peça produzida. Atuando em diversos setores, eles trazem modelos, protótipos e afins que vão do modelo 3D à algo real e digno de grandes produções de cinema.

A empresa Noiga foi fundada com a premissa de fugir do tédio e inovar sua área pela dupla de designers Evelyne Pretti e Renata Trevisan. Essa se trata de uma empresa que comercializa acessórios de moda impressos em 3D. A marca é a união de suas 3 maiores paixões: o design, a moda e a tecnologia. Refletindo a melhor qualidade nos seus produtos.

startup Makie Lab situada em Londres, imprime bonecos criados e desenhados pelos clientes. O comprador pode escolher todos os detalhes dos brinquedos, como será o cabelo, o tamanho, a cor, os olhos, as roupas e ainda escolher a fisionomia do boneco.

A empresa júnior de consultoria, Fluxo Consultoria, implementou em seu escopo a Prototipagem em Impressão 3D utilizando a técnica FFF (Fabricação por Filamento Fundido) nos projetos. Por meio desta tecnologia de ponta, é possível a impressão do equipamento desejado tendo um modelo funcional em mãos sem altos investimentos e mais rapidamente.

startup Protos Eyewear sediada em São Francisco, nos Estados Unidos, desenvolveu um software avançado que permite desenhar e criar óculos. O cliente envia duas fotos do rosto, uma frontal e outra de perfil, e responde a um questionário. Pouco tempo depois ele recebe as recomendações de estilo e escolhe o modelo que preferiu para que seja impresso.

O impacto do uso dessa tecnologia inovadora nas empresas

Incorporada nos mais diferentes tipos de negócios, a impressão 3D nas grandes indústrias já contabiliza os ganhos dessa aplicação, com redução de prazos e ganhos de eficiência.

A GE vê inúmeras vantagens, mas a empresa destaca como principal: método de fabricação sem desperdício. O resultado são peças complexas, totalmente densas, sem o desperdício, fabricadas em uma fração do tempo que seria necessário utilizando outros métodos. As vantagens para a General Electric (GE) são tão grandes, que a empresa comprou em 2016, por US$ 1,4 bilhão, duas empresas detentoras de equipamentos e tecnologias usadas em processos de impressão em 3D. Isso aconteceu, segundo a GE, pois essas duas empresas poderão gerar um faturamento extra de US$ 1 bilhão até 2020, além de gerar economia de custos operacionais de US$ 3 bilhões a US$ 5 bilhões ao longo dos próximos dez anos.

Na ThyssenKrupp, Eurico Moser, diretor da área de Negócios Elevator Technology, cita como ganhos do uso da tecnologia, a velocidade da entrega de itens para reposição, já que não dependem de fornecedor, e custo baixo, porque na maior parte das vezes são necessárias poucas unidades, dispensando a compra de grandes lotes.

A fabricante de ônibus e caminhões MAN Latin América usa a tecnologia para elaborar protótipos de peças na fábrica de Resende, no Rio. A empresa conseguiu uma redução de mais ou menos 80% no custo de elaboração dos componentes. Além disso, a elaboração de um protótipo que antes demoravam meses, agora demoram só algumas horas, por ser mais prático.

A Alpargatas é uma das marcas que usa a tecnologia há um bom tempo. Desde 2007, utiliza a impressão 3D para fazer os projetos de solado, parte complexa dos tênis e de maior valor agregado. Segundo a empresa, dessa forma, é possível reduzir o tempo de projeto e produção e ampliar a qualidade pela precisão do protótipo.

Como citado no exemplo de impressão 3D nas grandes indústrias, um dos maiores fabricantes de automóveis do mundo Fiat usa há mais de dois anos a impressão para fazer protótipos em nylon altamente resistente. Atualmente a empresa relatou que com duas impressoras 3D próprias são capazes de imprimir em 12 horas um modelo que, antes, poderia demorar alguns dias para ficar pronto.

A tecnologia de imprimir em 3D é utilizada pela Volkswagen do Brasil para fazer peças que já estão auxiliando os funcionários no trabalho de produção de automóveis. Com a chegada da tecnologia 3D, o processo de fabricação dessas peças teve ganho em produtividade, tempo, qualidade e padronização, otimizando também o uso de material. A impressora 3D revolucionou o processo de criação dos protótipos de veículos. Em poucas horas, ou mesmo minutos, o equipamento fábrica (imprime) peças em resina para o carro protótipo que simulam as reais. As peças contam com os mesmos formatos e medidas, entre as quais faróis, lanternas, telas de som, revestimentos de colunas, calotas, entre outras.

A BMW em alguns casos, o grande ganho está na redução de peso do componente; em outros, no ganho de conforto para o motorista. A tecnologia também pode ser acionada quando os clientes desejam personalizar um veículo. Por meio de um app, eles podem incrementar o próprio carro com apetrechos feitos com impressão 3D.

A HGX, empresa de Porto Alegre (RS), atua no ramo de sistemas de controle para veículos elétricos, usa a máquina para fazer protótipos e também itens para venda no mercado. A empresa gastava entre R$ 300 e R$ 400 para fabricar peças de alumínio pequenas. Trocando o material pelo plástico, usado na impressora 3D, o custo caiu para R$ 14: uma economia de 96,5%.

Contratar serviço de impressão pode ser uma alternativa

Com todos os exemplos citados acima, vimos o quanto a manufatura aditiva é tendência, já que contém suas inúmeras vantagens e por isso a impressão 3D nas grandes indústrias está aumentando cada vez mais. É fato que a implantação da tecnologia, contudo, terá um custo mais alto, em comparação com algumas alternativas tradicionais. Considerando o investimento inicial feito para a compra das máquinas.

Logo, para quem tem interesse em imprimir alguma peça, mas não quer se comprometer com a compra de uma impressora 3D, procurar empresas que trabalham com modelagem e impressão terceirizada pode ser uma alternativa. Já pensou ter uma peça similar ou feita pelo mesmo material do que a impressão 3D nas grandes indústrias?

E você? Quer aumentar seus lucros e diminuir gastos de produção? Nós podemos te ajudar! Fale com um de nossos consultores e peça sua Prototipagem em Impressão 3D.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *