Boas-praticas-desenvolvimento-software-sistema-web-programacao

Boas Práticas no Desenvolvimento de Software e Sistema Web

O que é necessário para desenvolver um software? Quais as melhores práticas das empresas?

Ao desenvolver um software, a equipe envolvida precisa fazer uma série de escolhas que delimitarão a forma do produto final. Nesse processo, a falta de definição de critérios para essas tomadas de decisões pode impactar profundamente na qualidade do software e na sua aceitação dentro do contexto para o qual foi proposto. Neste artigo, trazemos algumas dicas importantes que lhe auxiliarão a fazer as escolhas certas.

1-Ter um processo bem definido ajuda a evitar retrabalho na codificação

Antes de desenvolver um software é preciso ter um bom plano do que vai ser feito, uma vez que demanda tempo e outros recurso. Esse plano pode ser melhor estruturado e seguido quando escolhemos uma metodologia como guia de referencia, podendo ser tanto o desenvolvimento em cascata quanto metodologias ágeis. Independente da metodologia escolhida, o processo para realização de cada atividade deve estar bem definido, assim como a responsabilidade de cada pessoa, prazos e produtos a serem entregues.

Você não precisa seguir todas as diretrizes do PMBOK ou todos os passos do Scrum (metodologia ágil) – o processo deve ser adequado para o seu contexto de trabalho, mas é preciso que esse processo não varie muito de um projeto para outro. Isso lhe permite ter um controle maior sobre cada etapa.

2-Entender as Expectativas do cliente é fundamental

Aqui estamos considerando como cliente todas as pessoas que utilizarão o seu software. É necessário perceber que essas pessoas podem ter expectativas diferentes para o funcionamento do software. Por isso, é preciso compreender o que cada um deles espera, para construir uma estratégia de relacionamento que atenda à maior parte desses interesses. Uma boa estratégia para esta fase inicial é conversar com os potenciais usuários do software, realizar brainstorms, observar o ambiente de trabalho deles e como interagem com as ferramentas de comunicação.

Logo após essas atividades, é preciso registrar todas essas expectativas em algum documento formal, podendo ser em forma de requisitos ou histórias. Todas as etapas do projeto devem ser definidas a fim de atender esses desejos/requisitos do cliente.  

3-Desenhar protótipos e representações visuais

Ainda no início do projeto, é adequado desenvolver algum protótipo simples para ser apresentado ao cliente, dando a ele uma visão mais palpável do que o software irá se tornar, com base nos desejos expressos por ele (o cliente).

Nessa fase é muito comum que haja mudança nas funcionalidades que foram registradas no primeiro momento – isso porque a equipe de desenvolvimento pode ter interpretado os requisitos de uma forma diferente, ou porque o cliente ganha uma visão mais ampla de quais são as funcionalidades de maior importância no software. Esse é o momento mais oportuno para realizar mudanças no escopo do projeto e as boas práticam funcionam da mesma forma que as etapas para o desenvolvimento de banco de dados.

Recomendo que você tente montar esse protótipo da forma mais flexível possível, porque ele pode mudar bastante. Desenhe as telas no papel mesmo ou, se achar necessário, use ferramentas de apresentação como o powerpoint e de edição de imagens como o photshop.

Escolha as ferramentas corretas para o desenvolvimento do seu sistema

Saber escolher a linguagem de programação adequada para sua aplicação e também a melhor plataforma de desenvolvimento, frameworks, bibliotecas e apis disponíveis podem lhe economizar bastante tempo. É claro que a escolha dessas ferramentas também deve ser avaliada de acordo com o orçamento disponível para a realização do projeto.

boas-praticas-desenvolvimento-software-web

4-Trabalhar em equipe de forma organizada

O desenvolvimento de software é um trabalho que depende de um forte engajamento de toda a equipe do projeto – gerente e desenvolvedores- de forma que todos entendam bem os seus papéis, e haja um bom canal de comunicação entre todos os envolvidos.

Durante a parte de desenvolvimento de fato, muitos desafios podem surgir. Nesse momento, é importante contar o apoio de um time presente, que se una de forma a eliminar o problema o mais rápido possível. Para isso, podem ser testados métodos para ter reuniões produtivas.

5-Gerenciar o código e rastrer alterações são as melhores práticas em desenvolvimento de software

Embora a interface de um software seja a parte frequentemente mais estimada pelos clientes, o código é o cérebro de toda a aplicação. Se ele for perdido ou danificado de alguma forma, o programa não funcionará da maneira esperada, o que pode ser muito ruim.

Para resolver esse problema, existem os sistemas de controle de versão, como o Git, por exemplo, que facilitam o desenvolvimento colaborativo e também lhe dão uma certa segurança de não perder o código ou de poder recuperar versões anteriores, quando necessário.

É válido reforçar que os desenvolvedores devem prezar por escrever um código que seja claro e de fácil compreensão.

6-Realizar testes constantes

Teste é uma parte importantíssima do desenvolvimento de software que demanda bastante tempo. É a atividade que verifica se todos os tipos de usuários estão vendo as funcionalidades de acordo com sua expectativas.

É recomendável  que além dos desenvolvedores (que devem testar sempre), pessoas de fora, não não estejam tão familiarizadas com o sistema, colaborem com o teste, pois isso pode revelar situações que os desenvolvedores não visualizaram.

Além disso, é importante manter uma matriz de rastreabilidade das integrações das funcionalidades do sistema que informe qual requisito se relaciona a qual código e a qual teste. Com a evolução dessa matriz ao longo do projeto, torna-se mais fácil identificar erros e corrigí-los.
Seu comentário é muito importante para que possamos produzir conteúdos cada vez mais relevantes e ricos, então não deixe de comentar com críticas, sugestões ou elogios. Além disso, não deixe de se inscrever na nossa newsletter, assim podemos avisá-lo(a) sempre que tivermos um novo artigo do seu interesse sobre tecnologia e boas práticas em projetos de software.

This Post Has 2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *