skip to Main Content
Guia Da Instalação Elétrica: Entenda O Que é Necessário

Guia da instalação elétrica: Entenda o que é necessário

A energia elétrica tem uma importância inquestionável nas nossas vidas, entretanto, quando mal empregada, ela traz consigo alguns perigos.

Por isso, instalações elétricas de qualidade e bem feitas podem garantir a segurança e o conforto que a energia traz.

Pensando nisso, criamos esse artigo que te ensinará tudo sobre instalação elétrica, desde os conceitos até a prática para que você consiga planejear ela em sua casa.

Vamos lá?

O que é instalação elétrica?

A instalação elétrica de uma edificação são o conjunto de fios e dispositivos que permitirão ao usuário daquele ambiente a ter eletricidade no local e fazer uso de todos os benefícios advindos desse item essencial.

Então, é importante que a instalação elétrica traga praticidade na hora de usar os eletrodomésticos e eletrônicos

Também, devem ser flexíveis e ter capacidade de reserva, isto é, sempre deixar uma abertura para o caso de se necessitar instalar um novo quadro de energia.

Porém, para uma instalação bem feita e eficiente, ela deve ser feita a partir das plantas da edificação, tendo o planejamento e execução de um projeto elétrico que devem ser feitos atentando para as diversas normas brasileiras para instalações elétricas.

Entenda qual norma da ABNT sua obra se encaixa

Outro ponto importante é se atentar as normas da ABNT para instalações elétricas. 

Estas normas têm como objetivo impor as regras mínimas que priorizam a segurança, o conforto e a qualidade do objeto que está sendo normatizado.

Para isso, diversas normas regulam as instalações elétricas, dentre elas as mais utilizadas são: ABNT NBR 5410, ABNT NBR 14039 e ABNT NBR 5419

Vamos conhecer sobre o que se trata cada uma delas:

Norma para Baixa Tensão
Normas para Média Tensão
Normas para sistemas de Para Raios

A NBR 5410 regula as instalações de baixa tensão, aquelas que estão abaixo de 1000 volts em tensão alternada.

Dando as prescrições sobre o projeto, execução, manutenção e verificação. 

Nela, contém informações importantes, como sobre a escolha de materiais, quais dispositivos de segurança são necessários para cada situação e também fala das regras para realizar uma verificação antes da entrega da instalação.

Por fim, também fala da periodicidade das manutenções da instalação elétrica.

Por isso, esta norma deve ser o guia principal para os profissionais da área elétrica, devendo ser sempre revisada e consultada.

Já a NBR 14039 trata das instalações elétricas em média tensão, ou seja, aquelas que os valores de tensão estão entre 1000 Volts e 34,6 mil Volts em tensão alternada.

Assim como ocorre com a NBR 5410 (baixa tensão), ela fala dos requisitos que visam garantir a segurança, conforto e qualidade nas instalações deste tipo.

Trata detalhadamente do projeto, execução, manutenção e verificação.

Por fim, a NBR 5419 trata do projeto, execução, manutenção e verificação dos sistemas que compõem a proteção contra descargas atmosféricas, também conhecidos popularmente como para-raios.

Agora que conhecemos um pouco sobre as normas da ABNT, vamos adentrar nas recomendações para o projeto. 

Para isso, vamos nos aprofundar na norma NBR 5410 (baixa tensão), que guia projetos de instalações elétricas em residências.

Como exemplo:

A NBR 5410 prevê condições para estabelecer a quantidade mínima de pontos de luz:

  • Pelo menos um ponto de luz no teto, comandado por um interruptor de parede.
  • Arandelas no banheiro devem estar, no mínimo, a 60 cm do limite do box ou banheira, de modo a evitar riscos de acidentes com choques elétricos.

Também prevê a potência mínima de iluminação

  • Área igual ou inferior a 6 m², deve-se atribuir no mínimo 100VA. 
  • Caso área superior aos 6 m², deve-se atribuir os 100VA acrescido de 60 VA para cada aumento de 4 m² inteiros.

Por exemplo, uma área de 4m x 4m, totalizando 16 m², será dividida então deste modo:


Total
Área da sala(m²)644216
Potência atribuída (VA)10060600220

Já quanto a quantidade mínima de pontos de tomada

LocalQuantidade mínimaPotência mínima (VA)Observações
Banheiros1 junto ao lavatório600Distância mínima de 60 cm da banheira ou box
Cozinha, copa, área de serviço, lavanderia, etc.1 para cada 3,5 m ou fração de perímetro600 por ponto até 3 pontos, e 100 para cada ponto adicionalAcima das bancadas devem haver ao menos dois pontos.
Varanda1100Se não instalado na varanda, deve ser próximo
Salas e dormitórios1 para cada 5 m, ou fração de perímetro 100
Demais dependências1 para cada 5 m, ou fração de perímetro100 

Já para se fazer o levantamento da potência total são necessários diversos cálculos, e estas projeções são importantíssimas para garantir a segurança da instalação e das pessoas que a utilizam. 

Por este motivo é importante a contratação de um profissional, o qual terá pleno conhecimento de modo a calcular e projetar da forma mais eficiente e eficaz.

Conheça os equipamentos para proteger sua rede elétrica

Após essas etapas do projeto, se deve atentar aos equipamentos de segurança que devem ser adicionados a rede de modo a proteger os equipamentos e os usuários.

Com o objetivo de evitar curtos-circuitos e choques elétricos são adicionados as instalações elétricas equipamentos que irão interromper a passagem de corrente no caso de sobrecarga.

Alguns desses recursos para proporcionar essa proteção são os disjuntores e o aterramento da instalação elétrica.

O disjuntor se trata de um dispositivo que protege a instalação elétrica e seus componentes contra sobretensões que podem ser causadas por raios nas proximidades e ligamentos ou desligamentos que acontecem nas redes de distribuição. 

Essas sobretensões são responsáveis, em muitos casos pela queima de equipamentos eletrônicos e eletrodomésticos, particularmente os mais sensíveis, como computadores, TVs, impressoras, etc.

Por isso, o aterramento tem como objetivo a proteção dos equipamentos onde irão dirigir essas sobrecargas para o terreno.

Passo a passo para a instalação elétrica em uma casa

Agora que entendemos os conceitos necessários para começar um projeto elétrico, vamos para a prática com um passo a passo intuitivo de como fazer essa instalação elétrica.

Porém, é de extrema importância que esses passos sejam feitos por um especialista em elétrica, para garantir a sua segurança.

lâmpadas de casa
Foto de Burak K no Pexels

1. Crie a planta da edificação

Isto é, caso ainda não haja uma planta baixa, é necessário fazer o seu desenho. Sendo necessário identificar as dimensões do imóvel, para seja possível a aplicação das normas da ABNT.

2. Defina os pontos de luz da casa

Aqui se irá definir os pontos de luz do imóvel, isto é, os locais onde serão incluídas tomadas, chuveiro, ar condicionado, entre outros itens. Sempre se atentando as regras definidas pela ABNT.

3. Determine a quantidade de tomadas (com especialista)

Nesta etapa o profissional irá analisar o VA de cada ambiente e determinar o número de tomadas. 

Com isso será definida quais serão de uso geral (usadas para ligar aparelhos) e as de uso específico (as usadas para chuveiros elétricos e ar condicionados).

4. Faça o cálculo da potência total (com especialista)

Aqui o profissional somará as potências para definir o disjuntor que será usado para aquela instalação.

5. Crie circuitos elétricos (com especialista)

Aqui cria-se então o circuito elétrico, ligando os elementos, como geradores, condutores, receptores, etc., por meio de fios condutores formando um caminho fechado.

6. Desenhe os posicionamentos dos dutos

Após isto se dará a definição do posicionamento dos dutos de modo a garantir uma instalação elétrica correta e eficiente. Podendo, esses dutos, serem instalados embutidos no forro ou de forma aparente.

7. Comece as instalações elétricas (com especialista)

Aqui então o profissional eletricista analisará o projeto e se iniciará a instalação elétrica

Conclusão

Como pudemos ver, as instalações elétricas devem ser planejadas previamente, tendo certeza de obedecer a todas as normas para que seja uma instalação segura, de modo a evitar danos aos donos, ou usuários, da edificação.

É importante, para isso, ressaltar um planejamento e a confecção de um projeto elétrico a partir da planta arquitetônica do edifício

Nela, o projetista irá definir 

  • pontos de iluminação;
  • tomadas;
  • interruptores;
  • circuitos elétricos;
  • posição dos quadros de distribuição e dos dispositivos de proteção;
  • Entre outros.

Deste modo, para se projetar e executar uma instalação elétrica, são necessários atender diversas normas e pontos, para que se tenha um ambiente seguro. 

Por isso, recomendamos fortemente a contratação de um profissional eletricista para a execução de forma plena, eficiente e eficaz.

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *