Skip to content

Fluxo Consultoria – Consultoria em Engenharia da UFRJ

Como funciona a climatização de ambientes?

Como funciona a climatização de ambientes?

A climatização de ambientes é essencial para manter a qualidade do ar e proporcionar um ambiente saudável e agradável aos usuários.

O que é climatização de ambientes?

Climatização é o processo de controle do ar de um ambiente interno, seja ele comercial ou industrial. O objetivo é regular a temperatura e a umidade do espaço, a fim de garantir a circulação do ar nos níveis ideais para o conforto térmico das pessoas que estão no ambiente. O mais comum dentre os métodos utilizados para a climatização é o condicionamento do ar.

Benefícios da Climatização de ambientes:

A climatização oferece diversos benefícios, incluindo:

  • Conforto térmico: A climatização é projetada para manter a temperatura e a umidade do ambiente em níveis confortáveis, proporcionando um ambiente mais agradável e confortável para as pessoas que estão no local.
  •  Melhora da qualidade do ar: A climatização ajuda a melhorar a qualidade do ar interno, filtrando partículas como poeira, pólen e outros alérgenos, proporcionando um ambiente mais saudável para as pessoas.
  • Redução do calor excessivo: A climatização ajuda a reduzir o calor excessivo em ambientes fechados, tornando as condições de trabalho ou convivência mais suportáveis, especialmente em regiões mais quentes.
  • Aumento da produtividade: Quando as pessoas estão em um ambiente confortável e saudável, sua produtividade aumenta, pois elas são capazes de trabalhar mais e se concentrar melhor.

É verdade que a climatização pode ajudar a economizar energia elétrica?

Sim, é verdade que a climatização pode ajudar a economizar energia elétrica. Por exemplo, os modelos de ar-condicionado que possuem a tecnologia inverter reduz o gasto de eletricidade quando detectam que o ambiente precisa de menos refrigeração ou aquecimento .

Além disso, você também pode economizar energia mantendo a temperatura do ar-condicionado entre 21° e 23°C e estando atento à limpeza dos filtros e a manutenção obrigatória do sistema .

Banner4

Em resumo, a climatização pode ajudar a economizar energia elétrica se for usada de maneira consciente e eficiente.

Tipos de sistema de refrigeração:

~Imagem de um refrigerador externo a uma casa para a climatização de ambiente.

Os sistemas de refrigeração possuem diversos tipos e variam de acordo com o ambiente a ser climatizado. Aqui estão alguns tipos de sistemas mais utilizados:

  • Split: O Split é um dos sistemas mais comuns e consiste em uma unidade interna e outra externa. A unidade interna é responsável por distribuir o ar condicionado no ambiente, enquanto a unidade externa é responsável por condensar o ar e expeli-lo para o exterior.
  • Janela: O sistema de ar condicionado de janela é uma opção mais compacta e econômica, e é instalado em uma abertura de parede ou janela. Ele combina as funções de condensador e evaporador em uma única unidade.
  • Central: O sistema de ar condicionado central é usado em edifícios maiores, como escritórios e prédios comerciais. Ele usa dutos para distribuir o ar condicionado para as diferentes áreas do edifício. Esse tipo de sistema pode ser mais caro para instalar, mas é mais eficiente para grandes espaços.
  • Inverter: O sistema de ar condicionado Inverter usa tecnologia de inversor para ajustar continuamente a velocidade do compressor, mantendo a temperatura constante e reduzindo o consumo de energia.
  • Cassete: O sistema de ar condicionado Cassete é instalado no teto e é mais discreto do que outras opções de sistemas de ar condicionado.

Quais são as etapas de uma climatização:

Um projeto de climatização é um processo que envolve várias etapas para garantir que o sistema de climatização escolhido seja adequado para o ambiente específico e atenda às necessidades dos usuários. Aqui estão as principais etapas de um projeto de climatização:

  • Levantamento de dados: A primeira etapa é a coleta de informações sobre o ambiente em que o sistema de climatização será instalado, como tamanho do ambiente, número de pessoas que irão ocupá-lo, exposição ao sol, cor do ambiente, espessura das paredes, materiais da construção, plantas estruturais do ambiente, documentação, etc.
  • Análise das necessidades: Com base nas informações coletadas e após as reuniões de alinhamento com o cliente, é feita uma análise das necessidades do ambiente, considerando fatores como conforto térmico, qualidade do ar, eficiência energética e orçamento disponível.
  • Cálculo térmico e regulamentação: O cálculo de carga térmica é a base principal do projeto de climatização e afeta o dimensionamento de todos os seus componentes, como ventiladores, tubulações, dutos, difusores, serpentinas e compressores. O cálculo da carga térmica é importante para determinar a quantidade de calor que precisa ser removida ou adicionada a um espaço para mantê-lo confortável. O cálculo leva em consideração fatores como o tamanho do espaço, a quantidade de pessoas que o ocupam e a quantidade de equipamentos eletrônicos presentes no espaço. Após feito todos os cálculos térmicos de climatização, tudo será regulamentado de acordo com as normas e feito um memorial onde será oficializado as cargas térmicas escolhidas.
  • Seleção do sistema: Com base nas necessidades identificadas, é feita a seleção do sistema de climatização mais adequado para o ambiente em questão, considerando fatores como tipo de sistema, capacidade de refrigeração, consumo de energia, etc.
  • Projeto da instalação: Depois de selecionar o sistema de climatização adequado, é necessário projetar a instalação do sistema, levando em consideração a disposição dos equipamentos, os pontos de instalação e a rede de dutos ou tubulações necessárias para distribuir o ar condicionado.
  • Instalação do sistema: Depois de projetar a instalação, é hora de instalar o sistema de climatização, incluindo a instalação dos equipamentos e a configuração da rede de dutos ou tubulações de acordo com as normas regulamentares e de acordo com a planta feita.
  • Testes e ajustes: Após a instalação, o sistema de climatização deve ser testado e ajustado para garantir que esteja funcionando corretamente e atendendo às necessidades do ambiente e de acordo com as expectativas do cliente.

Após a instalação do sistema de climatização do ambiente, o que eu devo fazer?

Após a instalação, a única preocupação necessária será a manutenção, isso porque o Plano de Manutenção, Operação e Controle (PMOC) é obrigatório por lei (lei 13.589) pois garante o bom funcionamento das redes de climatização do seu ambiente. O PMOC é periódico e visa a limpeza e a conservação dos sistemas.

autora do artigo
Banners2

Marketing Fluxo

Somos um grupo de graduandos da UFRJ que decidiu ir além das salas de aula da mais tradicional Escola de Engenharia do Brasil. Em busca de vivência empresarial e experiência em gestão, queremos nos preparar o quanto antes para o mercado de trabalho. Para isso, realizamos projetos de engenharia com a supervisão dos professores para resolver os problemas de nossos clientes.

Escreva um Comentário

O que é Fluxo?

Somos uma empresa júnior, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, de acordo com a Lei 13.267/2016, e realizamos projetos de consultoria em engenharia. 

Posts Recentes

Siga-nos

Se inscreva em nossa Newsletter

Cadastre-se e receba todas as novidades e conteúdos em primeira mão 

Há mais de 30 anos, a Fluxo realiza projetos de engenharia, com infraestrutura e tecnologia da UFRJ. Prestamos serviços para pessoas físicas, pequenos empreendedores e grandes empresas do mercado. Por isso, temos ampla experiência em consultoria e oferecemos soluções personalizadas para você.