Skip to content

Fluxo Consultoria – Consultoria em Engenharia da UFRJ

Pesquisar
Close this search box.

Por que meu disjuntor desarma?

Por que meu disjuntor desarma?

Você tem problemas com o sistema elétrico da sua casa e não consegue tomar um banho quente no inverno em paz? Ou até mesmo sofre com apagões misteriosos no seu prédio? Isso pode acontecer quando o disjuntor desarma!

Esse artigo vai te ensinar a como proceder nessas situações e vai te ajudar resolver seus problemas com eletricidade de uma vez por todas!

O que é um disjuntor?

O Disjuntor é um dispositivo de segurança que desarma sempre que sua capacidade máxima é atingida. Se um disjuntor desarma ele interrompe a corrente elétrica, evitando o superaquecimento dos fios, que poderiam gerar curto circuitos e até mesmo incêndios.

Além disso os aparelhos elétricos e eletrônicos podem vir a queimar por causa da interrupção do fornecimento de energia. Por isso, é muito importante, que toda vez que for religar um disjuntor que desarmou, se desligue os aparelhos da tomada, para evitar que eles deem problema.

Então um disjuntor é o mesmo que um fusível?

Na verdade, não! Os disjuntores são os substitutos dos antigos fusíveis, que diferente dos disjuntores, queimavam toda vez que sua capacidade máxima era atingida. Eles precisam, assim, de reposição a cada ocorrência.

Já o disjuntor, tem uma mola que interrompe a corrente elétrica toda vez que é atingida a capacidade máxima suportada por ele. Sendo assim, quando o dispositivo desarma, basta ligá-lo novamente e a energia volta, sem necessidade de reposição do aparelho.

Seu disjuntor desarma? Veja os principais motivos:

  • Sobrecarga do Circuito:

O Disjuntor pode desarmar por diversos motivos, mas o principal e mais recorrente deles é a sobrecarga do sistema. Isso acontece geralmente em casas muito antigas, em que o sistema elétrico não foi feito para sustentar tantos aparelhos com potência elevada, como chuveiros elétricos.

Contudo, isso pode acontecer até mesmo em residências mais novas. Quando o projeto elétrico é mal dimensionado, esse tipo de problema pode aparecer. Por isso a importância de se procurar profissionais confiáveis e capacitados para realizar qualquer tipo de serviço.

Para resolver esse problema é necessário que se troque o disjuntor que desarma por um com capacidade maior. Porém, é preciso ficar atento: Na maioria dos casos, além de aumentar a capacidade do disjuntor, é preciso também trocar os fios!

Por exemplo: Imagine que você tem um disjuntor que suporta uma corrente de 30A, mas os fios ligados a esse disjuntor suportam apenas 15A. Nesse caso o fio vai superaquecer antes do disjuntor desarmar, o que pode ocasionar em um curto circuito e até mesmo em incêndios! Por isso é preciso sempre pensar no conjunto capacidade do disjuntor + capacidade dos fios.

Ainda usa fusíveis em casa? Saiba o que fazer!

Se sua residência ainda faz uso de fusíveis, o recomendado é trocá-los por disjuntores e passar fios novos, pois os disjuntores são muito mais modernos, práticos e seguros.

  • Fios frouxos ou com mal contato:

Outro fator que faz com que o disjuntor desarme é a fiação frouxa. É possível que os fios do circuito estejam mal conectados ao disjuntor.

Para resolver e evitar isso, basta fazer o reaperto e isolar novamente a conexão, depois disso o circuito deve voltar a funcionar normalmente. Mas cuidado, apesar de ser algo simples, procure sempre um eletricista para fazer o serviço, ele poderá dizer se esse é realmente o problema e fazer os reparos de forma segura.

  • Prumada do prédio inadequada:

Se você mora em um prédio, principalmente se ele for muito antigo, o problema pode não estar dentro do seu apartamento. A prumada, cabo que vem do andar inferior e distribui energia para os diversos apartamentos, pode não ser adequada para as necessidades dos moradores e da instalação. Isso acaba causando o desarme do disjuntor geral do prédio, o que deixa todos sem energia.

É recomendado que os moradores procurem o síndico, para solicitar que sejam contratados profissionais qualificados para fazer o diagnóstico do problema e trabalhar na melhor solução possível para resolvê-lo.

Como evitar problemas?

O Disjuntor desarmando é apenas um dos muitos problemas que podem ser causados por falta de um projeto elétrico confiável. Cerca de 80% dos incêndios residenciais no Brasil são causados por problemas nas instalações elétricas. Por isso todo cuidado é pouco para garantir a segurança e o conforto da sua família.

Fluxo Consultoria

Escreva um Comentário

O que é Fluxo?

Somos uma empresa júnior, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, de acordo com a Lei 13.267/2016, e realizamos projetos de consultoria em engenharia. 

Posts Recentes

Siga-nos

Se inscreva em nossa Newsletter

Cadastre-se e receba todas as novidades e conteúdos em primeira mão 

Há mais de 30 anos, a Fluxo realiza projetos de engenharia, com infraestrutura e tecnologia da UFRJ. Prestamos serviços para pessoas físicas, pequenos empreendedores e grandes empresas do mercado. Por isso, temos ampla experiência em consultoria e oferecemos soluções personalizadas para você.