skip to Main Content
Mulher Pesquisando Empresa Deve Ser Sustentável

Entenda por que uma empresa deve ser sustentável

Engana-se quem pensa que uma empresa sustentável são aquelas que estão relacionadas com questões ambientais. 

Sim, a sustentabilidade empresarial pode ser considerada o conjunto de ações adotadas pelas organizações com o objetivo de atuar de maneira consciente, aliando sempre o respeito ao meio ambiente e à sociedade em que está inserida. Mas, não pára por aí! 

Ser sustentável em ambientes corporativos também pode significar que a empresa tem condições de se sustentar a longo prazo e pode estar envolvida em questões de cunho ambiental, econômico, operacional e mercadológico.

A tendência é que a sustentabilidade se torne uma vantagem competitiva das empresas, alinhando ações sustentáveis com a rentabilidade da companhia. O que significa que as organizações que não investirem no desenvolvimento social ao seu redor, poderão perder destaque no mercado.

O fomento dessas práticas pode se tornar um princípio na maneira como organizações têm gerenciado seus negócios e isso tem influenciado não apenas o lucro, mas a sua longevidade e expansão.

Por isso, é importante alinhar bem seu negócio a essa realidade corporativa que além de manter sua empresa competitiva, traz ainda mais visibilidade a sua organização. 

Se deseja saber por que ser uma empresa sustentável, continue lendo esse post que iremos abordar sobre esse tema. 

O conceito de ser uma empresa sustentável

Sustentabilidade empresarial é o conjunto de ações que uma empresa adota que permite-nas crescer, não somente economicamente – conforme  o objetivo dos negócios – mas em todos os outros contextos, respeitando o meio ambiente e o desenvolvimento da sociedade na totalidade. 

Ou seja, na prática seu planejamento, ações e táticas devem contemplar atitudes éticas, conscientes e que colaborem para um mundo ainda melhor.

As práticas de uma empresa sustentável

Considerando não apenas o conceito de empresa sustentável, mas principalmente a aplicação de posturas e ações que fazem sua organização ser  efetivamente sustentável, é necessário incorporar internamente ações sociais e também ambientais diferenciadas. 

Essas ações não podem se resumir apenas a “adotar sua caneca” ou separar adequadamente o lixo do escritório, é necessário ir bem mais além. Porém, pode ser sim esse o pontapé inicial, mas não deve parar por aí.

Ações superficiais visam exclusivamente o marketing. São aquelas que aproveitam apenas o gancho da chamada “onda ambiental”. 

Porém, é uma prática que pode ser extremamente perigosa e prejudicial ao negócio, já que são rapidamente percebidas pelos consumidores e passam uma imagem negativa para o público, pois a empresa não se compromete e se responsabiliza de fato.  

Para evitar esse tipo de situação, as práticas adotadas precisam ter resultados práticos e significativos. Vejamos alguns exemplos: 

Embora existam diversas práticas que podem validar a sustentabilidade de sua empresa, é essencial que as lideranças incorporem essas mudanças e sejam agentes dela. Assim, facilita para que todos que entendam e comprovam que essa mudança é realmente verdadeira e não superficial. 

Outro fator importante, é que essas ideias e ações que estão sendo planejadas para essa nova era sustentável precisam trazer uma cultura adequada aos princípios da empresa. Com isso,  será possível facilitar o entendimento, a incorporação e o desenvolvimento da mudança em todos os envolvidos nesse processo de mudança.

Afinal, por que devo ser uma empresa sustentável?

Uma empresa gera bem mais que lucros e empregos, ela possibilita a movimentação da economia, oferece produtos, serviços e incentiva o crescimento do país. Por isso, ser classificado como uma empresa sustentável é importante não somente como estratégia que pode melhorar os resultados organizacionais, mas também pelo impacto que pode gerar para sociedade e até para o mundo. 

Nos últimos anos, os problemas ambientais têm crescido consideravelmente, fazendo com que as pessoas se tornem mais conscientes e isso reflete nas organizações, já que elas passaram a cobrar essa consciência também das empresas, que até então é um agente poluidor e também responsável por boa parte da destruição ambiental.

De acordo com o IBGE, há 5 problemas ambientais principais que vem preocupando o Brasil. São eles:

  • Queimadas;
  • Desmatamento;
  • Poluição da água;
  • Assoreamento;
  • Poluição atmosférica.

Ultimamente, muitas empresas fizeram um enorme progresso em termos de sustentabilidade. Isso ocorreu devido o assunto ter se tornado uma pauta relevante que impactam nas escolhas do consumidor final.

Segundo uma pesquisa ambiental da Tetra Pak, dois terços dos consumidores optam conscientemente por evitar marcas ou itens específicos, devido a preocupações ambientais. A pesquisa também indica que esse número aumentou 26% nos últimos seis anos. 

Sendo assim, o cliente busca produtos e serviços oferecidos pelas organizações que, de fato, têm a preocupação em reduzir esses problemas. Ou seja, que repensa seus processos diariamente para adotar sempre as melhores práticas.

Portanto, quem seguir essa linha, tende a se destacar e se tornar ainda mais valorizado. Afinal, preservar o meio ambiente, sendo uma empresa sustentável, é uma forma de mudar a imagem junto aos consumidores.

Desde uma embalagem reciclável até produtos produzidos com o mínimo de impacto ambiental – tudo é válido.  Ainda pode se tornar mais completo, se oferecer algum benefício ou retorno para as pessoas, como por exemplo, a revitalização de uma praça ou a sua priorização na hora da contratação.

Logo, além de se destacar por ser ecologicamente correta, é uma forma de sua empresa sobreviver frente a uma concorrência mais acirrada. Demonstrando que, mais do que lucrar, você se preocupa com o futuro das pessoas e do mundo.

Um empreendimento que está atento aos impactos ambientais, sociais e econômicos, passa ao seu consumidor confiança, credibilidade, empatia e identificação em relação a suas crenças e valores, possibilitando o aumento de clientes e sua fidelização.

Ser sustentável é definir as ações e iniciativas da empresa através da ética e respeito pelo meio ambiente, promovendo o desenvolvimento e o fortalecimento da própria organização e de todos que se relacionam com ela.

Vantagens de ser sustentável

O foco em sustentabilidade impacta diretamente na forma como a empresa é percebida e vista pela sociedade de forma geral, por seus colaboradores e também possíveis investidores. 

A mudança que a sociedade ver nela, causa valorização da imagem e da marca. 

Pode-se afirmar que a sustentabilidade empresarial tem a capacidade de mudar de forma positiva a imagem de uma empresa junto a todos esses públicos. Ainda mais em um cenário como o atual, no qual a preocupação com o país e seus problemas ambientais só aumentam. 

O crescimento das últimas décadas, com outros fatores, acabou trazendo consequências negativas ao meio ambiente. 

Sendo assim, existem algumas vantagens e razões que levam as empresas a serem sustentáveis. Vejamos:

  • Vantagem competitiva: possibilidade de diferenciação de mercado, abrindo espaço para a expansão para outros segmentos, nichos ou mercados. Além de se tornar destaque na competição mercadológica.
  • Economia: isso é possível com a redução dos custos de produção e economia nos processos das empresas; por exemplo, via ações de reciclagem, reutilização da água, reaproveitamento de sobras de matéria-prima e medidas de economia de energia elétrica.
  • Cuidado com o planeta: as próximas gerações dependem das ações que profissionais e empresas tomam hoje;
  • Valorização das ações em bolsas de valores: investidores focam em ações de empresas sustentáveis socialmente e ambientalmente.

Finalizando

Viu como é importante, essencial e fácil ser uma empresa sustentável?!

Por isso, comece hoje mesmo a implementar as ações e práticas que levarão sua empresa ao sucesso e destaque no mercado!

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *