skip to Main Content
Casas Sustentáveis: Conheça O Conceito E Descubra 5 Dicas Para Sua Construção

Casas Sustentáveis: conheça o conceito e descubra 5 dicas para sua construção

Vivemos em um momento de mudanças tecnológicas e econômicas, simultaneamente cresce a preocupação com o meio ambiente. Nesse contexto, o mercado das tecnologias ambientais vem crescendo de forma contínua e por isso o numero de casas sustentáveis aumentou significativamente. O Brasil já é o quarto país do mundo com o maior número de obras certificadas por sustentabilidade, atrás apenas dos Estados Unidos, China e Emirados Árabes Unidos, segundo dados do Green Building Council Brasil (GBC).

Existem diversos benefícios ao realizar uma construção sustentável, como a preservação ambiental, a valorização da sua construção e a economia que ela pode render. Se você tem interesse em construir uma casa, e se preocupa com o meio ambiente, esse artigo pode ser bem útil para você. Mas primeiramente, vamos à definição das tão famosas casas sustentáveis.

O que são casas sustentáveis?

Casas sustentáveis são aquelas que são planejadas e construídas de forma que agrida minimamente o meio ambiente. Elas trazem um bom retorno econômico, motivo que as tornam ainda mais interessantes.  

No Brasil, temos diversos exemplos de casas sustentáveis, como por exemplo a CASA CONTÊINER, em São Paulo. Ela utiliza diversas soluções sustentáveis, como reaproveitamento de água da chuva, reaproveitamento de materiais, energia solar, eficiência energética, ventilação e iluminação natural e paisagismo sustentável.

casas sustentáveis

Se você quer construir casas sustentáveis, não necessariamente você precisa utilizar todos os recursos disponíveis, existem diversas maneiras de tornar sua casa sustentável, algumas mais simples e outras mais complexas. Abaixo listamos algumas  opções para te ajudar no planejamento da sua casa sustentável.

Separamos 5 dicas para trazer seu imóvel ao conceito de Casas Sustentáveis:

        1. Captação de Águas Pluviais

A água da chuva pode ser reutilizada de várias maneiras na sua casa sustentável. Porém, é importante separar a água pluvial da água potável encanada, a rede exclusiva deve ter destinos certos, como jardins ou vasos sanitários. Essa água também pode ser destinada a limpeza.

Para construir esse sistema de captação é necessária uma calha, tubulações, filtros para reter galhos e folhas, um separador de primeiras águas para descartar impurezas e um reservatório para armazenar a água pluvial. Conheça mais sobre como funciona esse sistema para tornar sua casa mais sustentável usando a água da chuva neste artigo.

        2. Painel Solar Fotovoltaico

A utilização de placas fotovoltaicas tem como intenção gerar, a partir da energia solar, toda energia elétrica da sua casa (energia utilizado pelas TVs, motores elétricos, lâmpadas e etc). Os painéis solares que ficam sobre o seu telhado, reagem com a luz do sol e a partir de um inversor solar converte a energia solar em energia elétrica. Essa energia vai para o quadro de luz e então é distribuída para a sua casa.

Em um primeiro momento, esse ainda é um investimento alto, porém a longo prazo vale muito a pena. Essas placas duram em torno de 25 anos, já nos primeiros 10 anos é possível cobrir todos os gastos que teve com a implantação do sistema e nos próximos 15 anos você não gastará dinheiro com a conta de luz.

Outra vantagem dos painéis de energia solar são os créditos de energia que possibilitam que você não pague pela energia mesmo em épocas com pouca incidência solar. Esse processo consiste em tornar a energia que não é utilizada pela sua casa em créditos por até 60 meses a serem utilizados quando houver necessidade.

        3. Telhado Verde

O telhado verde funciona como um ótimo isolante térmico, além de disponibilizar um ganho de área no telhado e proporcionar um conforto acústico.

A composição desse tipo de telhado é dividida em 6 camadas, primeiramente a laje que precisa ser pensada para suportar a carga da vegetação, seguida da impermeabilização que normalmente é feita usando uma manta asfáltica). Após isso, seguem respectivamente a camada drenante, a camada filtrante, o substrato e por fim a vegetação plantada sobre o substrato.

        4. Pouca geração de resíduos

Muito se pensa em diversos sistemas que reutilizem ou que economizem os recursos naturais, porém existem outras maneiras para construir casas sustentáveis.

É importante atentar-se a quantidade de resíduos que sua construção vai gerar, uma solução é investir em sistemas estruturais pré-fabricados, como a estrutura metálica ou em concreto pré-moldado. Isso diminui significativamente a quantidade de madeira usada para a montagem de fôrmas, gerando menos resíduos em relação ao sistema convencional.

Uma opção que vem sendo bastante utilizada é a chamada casa contêiner, se compararmos com uma construção tradicional de alvenaria ou de madeira, ela além de gerar menos resíduos ainda é mais barata e fica pronta em menos tempo. Quem optar por erguer uma casa usando módulos de containers pode economizar até 30% do custo total da obra.

        5. Alternativas

Existem muitas alternativas simples que também farão sua casa ser sustentável. Como primeiro exemplo, podemos nos atentar a ventilação da casa. Pense primeiro em como utilizar as correntes de ar, para fazer o ar quente circular melhor. Podem ser usadas janelas maiores que facilitem a passagem de ar e melhorem a iluminação dos ambientes.

Outro ponto importante é a implantação da sua casa, ou seja, aonde você vai colocar a sua casa no terreno em relação a posição do sol, pensando em economias com iluminação e refrigeração. A utilização de lâmpadas de LED ao invés de lâmpadas comuns e a utilização de eletrodomésticos que tenham a melhor eficiência energética também são soluções de economia de energia consideráveis.

Esses pequenos detalhes do projeto e da construção, fazem toda a diferença. É importante lembrar que você não precisa construir uma casa do zero para poder torná-la sustentável, sua antiga casa com algumas modificações pode ajudar na sustentabilidade do planeta. Se não tiver disponibilidade de investir em algo caro, pode começar com as alternativas que trouxemos ao longo do texto.

Algumas soluções sairão mais caras inicialmente, mas a longo prazo trarão um bom retorno financeiro, como no caso do painel solar fotovoltaico. O importante é fazer o que está ao nosso alcance para preservar o meio ambiente. Quer aprender mais sobre soluções sustentáveis? Visite nosso blog sobre Energia e Sustentabilidade!

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *