skip to Main Content
Energia Solar Fotovoltaica Como Promissora

Tudo sobre Energia Solar Fotovoltaica: o que é e quais os benefícios

A energia solar vem sendo utilizada em residências, comércios, indústrias, em áreas rurais e na geração de energia elétrica por meio de usinas solares e além de ser uma energia alternativa, renovável e limpa, tem se tornado uma ótima opção para economia na conta de luz. 

A energia solar fotovoltaica é uma das fontes de energia renovável que mais vem crescendo no Brasil e também em todo o mundo. Bastante confiável, a ponto de ser instalada até em satélites no espaço.

É produzida a partir de luz solar, e também pode ser gerada mesmo em dias nublados ou chuvosos. 

Com o seu uso crescendo exponencialmente, a energia solar caminha para se tornar a principal forma de geração elétrica mundial em alguns anos. Por isso, é tão importante estar informado sobre o que é, a sua importância e os benefícios. 

E esse post traz exatamente essas informações. Basta continuar conosco. 

O que é energia solar fotovoltaica?

A energia solar fotovoltaica é a geração de energia elétrica através da luz solar, ou seja, do sol e através de um sistema fotovoltaico, o consumidor pode abastecer todo o consumo elétrico de sua casa ou empresa.

Ela é obtida pela conversão da energia do sol em eletricidade por meio de uma tecnologia baseada no efeito fotovoltaico.

Segundo os relatórios anuais da Agência Internacional de Energia – IEA, na sigla em inglês –  a energia solar se tornou a fonte renovável ou não de energia, que mais cresce no mundo.

É possível que nos próximos anos, todos estaremos aproveitando os benefícios da eletricidade gerada por energia solar em todas as suas formas de geração.

No caso da energia solar fotovoltaica, o sol, no que lhe concerne,  age como um grande reator nuclear natural e libera a cada instante pequenos pacotes de energia, chamados fótons, que percorrem aproximados 150 milhões de quilômetros, em cerca de 8,5 minutos, para chegar à Terra. 

A quantidade de fótons gerada a cada hora e que atinge nosso planeta conseguiria gerar energia suficiente para, teoricamente, satisfazer as necessidades energéticas globais por um ano inteiro.  cada hora, a

No entanto, a porcentagem de participação da energia solar na geração elétrica mundial ainda é irrisória. Porém, conforme a tecnologia vai evoluindo e seus custos vão reduzindo, a nossa capacidade de aproveitar a abundância energética do sol vai aumentando, assim como a possibilidade de utilização da energia solar em sua forma mais completa também. 

Em resumo, a energia solar fotovoltaica é a energia elétrica produzida a partir do calor e da luz solar. Quanto maior a radiação solar nas placas solares, maior será a quantidade de energia elétrica produzida. 

É um dos principais tipos de Energia Solar, ao lado da térmica – aquecedor solar, e heliotérmica – também conhecida como energia solar concentrada ou termossolar.

A energia solar é considerada uma fonte de energia alternativa, renovável, não-poluente, limpa e sustentável.

Como funciona a energia solar?

Para a geração de energia solar, é necessário alguns equipamentos. Os principais são os módulos fotovoltaicos, conhecidos popularmente como placas solares e o inversor interativo.

Os módulos fotovoltaicos são compostos por muitas células solares responsáveis pela conversão direta da luz em eletricidade.

São feitas de materiais semicondutores, mais comumente o silício, as células solares são produzidas com uma camada positiva e uma camada negativa que, juntas, criam um campo elétrico, um sistema similar a uma bateria.

Quando os fótons atingem uma célula solar, eles liberam os elétrons em excesso dos átomos da camada negativa, que passam para a camada positiva criando, assim, um circuito elétrico. Quando os elétrons fluem através desse circuito, eles geram eletricidade.

Em outras palavras, o funcionamento da energia solar fotovoltaica é baseado no fenômeno que ocorre quando partículas de luz solar – os fótons – colidem com os átomos de silício presentes no painel solar, gerando um deslocamento dos elétrons, que cria uma corrente elétrica contínua, chamada energia solar fotovoltaica.

Um módulo fotovoltaico é composto por múltiplas células e vários destes são agrupados para formar um painel solar. Quanto mais painéis forem implantados, mais energia poderá gerar.

Para entendermos melhor, na prática e de forma simples, a produção de energia solar funciona da seguinte maneira:

A luz solar primeiro atinge um painel solar (placas solares) no telhado. Por sua vez, os painéis convertem a energia em corrente contínua, que flui para um inversor.

O inversor converte a eletricidade de CC para CA e, caso exista consumo no momento, ele irá enviá-la ao quadro de distribuição.

Não havendo consumo, ele irá injetar essa energia na rede distribuidora da sua localização, gerando até mesmo crédito ou crédito compensatório na energia utilizada. 

Quando não há geração de energia, ele pega a energia da rede distribuidora e  envia para o quadro de distribuição. Ou seja, faz o processo inverso ao da geração. 

Trata-se de um processo extremamente simples e limpo, e está ficando mais eficiente e acessível a cada ano.

Os benefícios da energia solar fotovoltaica

Os benefícios e as vantagens de gerar e obter eletricidade através da energia solar variam entre os aspectos ambientais, sociais e econômicos.

Vida útil longa, maior economia e valorização do imóvel são alguns deles. Porém, em contrapartida o alto custo de aquisição e a questão da intermitência na produção de energia são praticamente as únicas desvantagens desse tipo de geração de energia. 

Outro ponto negativo é a falta de incentivo aqui no Brasil para produção de energia solar. Embora se tenha recursos para geração praticamente o ano inteiro por se tratar de um país tropical, o incentivo ainda é bem escasso. 

Vejamos algumas das vantagens da energia solar: 

  • Não polui, é renovável, limpa e sustentável;
  • Energia alternativa ao petróleo;
  • A energia solar é silenciosa;
  • É uma fonte gratuita de energia;
  • É um sistema de autogeração mais barato;
  • Necessidade mínima de manutenção;
  • Fácil de instalar e também barata de manter;  
  • Sua vida útil é de mais de 25 anos;  
  • Economia de até 95% da conta de luz;
  • Ocupa pouco espaço e valoriza o imóvel;  
  • Placas solares são resistentes às condições climatéricas extremas;
  • Pode ser usada em áreas isoladas da rede elétrica;
  • Equipamentos fotovoltaicos podem ser reciclados.

Conclusão

A luz solar é uma fonte de energia constante e consistente. De todos os recursos renováveis como energia eólica, energia hídrica e solar, a energia do sol é a mais consistente e previsível.

Embora exista um alto custo de implantação, os demais benefícios devem ser considerados nessa análise. E não somente os benefícios referente ao seu imóvel ou onde será implementado. 

Apostar em energia solar fotovoltaica possibilita sustentabilidade, por não poluir a atmosfera e necessitar de áreas menos extensas para ser produzida — ocasionando menos desmatamentos e processos invasivos aos solos e às espécies de fauna e flora nativas, além da segurança e durabilidade. 

Agora que já sabe como funciona a energia solar fotovoltaica, é hora de analisar bem o investimento que poderá estar fazendo. Sua empresa ou casa pode ser uma consumidora de energia limpa gerada através de fontes renováveis.

O uso da chamada energia verde se torna cada vez mais comum e cada vez mais exigido em determinados setores do mercado. Afinal a energia solar é benéfica ao meio ambiente e também à sociedade. 

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *