skip to Main Content
PCM: O Que é Como Desenvolver Um Para Sua Indústria?

PCM: O que é como desenvolver um para sua indústria?

O setor de manutenção exerce um papel importantíssimo para o desempenho geral da indústria. 

Deste modo, tanto os profissionais quanto os processos da área da manutenção devem ser aptos e eficazes para desempenhar seus papéis.

Para isso, diversas ferramentas devem ser utilizadas pelo setor, para que sua função seja cumprida de maneira otimizada e competente. 

E, para que isso aconteça se deve estruturar um PCM dentro do setor.

Mas afinal o que significa PCM? Quais suas funções e benefícios? Neste artigo você aprenderá isso e como implementar na sua indústria.

Quer aprender como implementar em sua empresa? Continue lendo.

O que é PCM?

PCM é Planejamento e Controle da Manutenção, e vem ganhando espaço no mercado por causa dos bons resultados que vem entregando.

Sendo uma área estratégica do negócio, o PCM é responsável pelo gerenciamento das atividades de manutenção preventiva, devendo atuar em conjunto com os colaboradores do setor. 

Além disso, de modo a indicar o caminho a se trilhar, o Planejamento e Controle da Manutenção, deverá definir os critérios, determinar os parâmetros e analisar o desempenho de todas as ações realizadas pelo setor e seus colaboradores.

trabalhador fazendo manutenção de máquina
Imagem de 272447 por Pixabay

Devido à crescente necessidade das indústrias de reduzir seus gastos, erros e falhas, para que assim seus lucros possam aumentar, houve um aumento na competitividade do mercado.

Por conta disso, fazendo com que seja necessário se tornar cada vez mais ágil e eficiente, sempre prestando um serviço qualificado e prezando pela segurança de todos os seus operadores.

A manutenção deixou de ser apenas uma atividade de troca de peças e lubrificação de equipamentos, e tornou-se uma parte importantíssima para uma melhor performance da indústria.

Quais as funções do PCM?

Como vimos, o PCM tem uma grande importância para o funcionamento da indústria, mas quais são suas funções?

Vamos agora dar evidência às suas funções.

O PCM realiza a preparação, a programação e a verificação da manutenção, de modo que, devemos entender cada uma dessas etapas e assim perceber o quanto essas medidas alteram as funções estratégicas de uma empresa.

Quais os benefícios do PCM?

Agora que sabemos o que é e quais as funções do Planejamento e Controle da Manutenção, vamos tratar de quais benefícios ele pode trazer para nossa indústria.

Otimização dos recursos

A partir de todas as fases que compõem o PCM, é possível observar todos os dados e para onde cada recurso será destinado. 

E se há ou não desvios muito discrepantes em relação ao que foi planejado.

Aumento na produtividade

Consequentemente essas análises irão melhorar o desempenho da indústria, produzindo cada vez mais, gastando menos, e uma redução no desperdício. 

Pois, os equipamentos da empresa estarão sempre em pleno funcionamento, o que irá reduzir os erros e pausas para consertá-los.

6 etapas para aplicar o PCM na sua indústria

Agora que temos todas essas informações sobre o PCM, vamos entender aplicá-lo em nossas indústrias. A fim de melhorar os processos de manutenção dos seus equipamentos.

1. Elaboração do cronograma

Cada empresa tem suas características e metas diferentes umas das outras, por este motivo é necessário que se monte um processo de manutenção tomando por base essas características e metas.

Entretanto, algumas práticas podem ser usadas em diversas situações.

Primeiramente atentando-se a obtenção de informações da linha de produção, seus recursos disponíveis, a capacidade produtiva da equipe e os estados operacionais dos equipamentos. 

Após a coleta, deve ser feita uma análise de dados, considerando os prazos de entrega e assim construir um cronograma adequado às exigências dos clientes.

cronograma de pcm
Foto de Pixabay no Pexels

Atentando-se sempre a prazos e metas realistas, de modo que não se apoie em metas e prazos muito curtos que serão impossíveis de alcançar pela equipe de manutenção.

A equipe responsável pela análise de dados e pela elaboração do cronograma deverá conhecer intimamente todas as atividades da empresa e, é claro, estar aberta ao diálogo.

Buscando sempre a opinião dos colaboradores envolvidos.

2. Programação da parada

Nesta fase, a equipe irá definir as datas em que irão haver as paralisações para reparar as condições de trabalho dos equipamentos. 

A comunicação é de extrema importância nessa etapa, já irá facilitar as atividades além de criar um padrão que deverá ser seguido.

A principal importância dessa etapa é que, quando não programadas, as paradas irão afetar a produtividade da indústria, atrasando a produção e desperdiçando mão de obra.

3. Instrução de serviço para as manutenções

Nessa etapa se trata de descrever os processos que a equipe de manutenção irá realizar.

Por isso, deve-se detalhar os dados e listar as atividades que devem ser executadas, como:

  • Limpeza das máquinas
  • Lubrificação e troca de óleo
  • Troca de peças

4. Planejamento dos recursos

Está fase é de extrema importância, já que todas as fases do PCM necessitam de mão de obra, recursos financeiros e materiais. 

Portanto, aqui está incluso o gerenciamento de estoque, para que se saiba quais peças se tem disponíveis em estoque e quais serão necessárias a compra. 

A partir disto será definido os valores e prazos para a execução correta das atividades.

5. Acompanhamento

Saindo um pouco das etapas de planejamento, esta etapa se dará pelo acompanhamento da manutenção em si, de modo a comparar o que foi planejado com o que está sendo realmente executado.

Os dados colhidos nessa etapa servirão, também, para a elaboração dos planejamentos futuros, para que se tenha um planejamento mais próximo à realidade. 

Já que, quando as empresas não executam essa etapa, os gestores não têm meios de acompanhar o que acontece na empresa, perdendo o controle da situação.

6. Instrumentação

Por fim, aqui se faz uma coleta contínua dos dados, de modo que se possa analisá-los e fazer um planejamento preditivo e acumulativo, considerando informações como as seguintes:

  • Tempo de trabalho da máquina;
  • quantidade produzida;
  • pressão;
  • temperatura;
  • vibração.

Conclusão

Como pudemos ver, realizar manutenção é essencial para todos os equipamentos e processos das  indústrias, ainda mais quando feita da forma correta e eficiente.

Exatamente pela sua enorme importância, aplicar o PCM deve ser realizado por profissionais qualificados e que tenham em suas mãos todos os meios para executar seus processos.

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *