Skip to content

Fluxo Consultoria – Consultoria em Engenharia da UFRJ

Estudo de Viabilidade e Desenvolvimento de Fórmula Pimenta em Pó

Sobre o contexto dos clientes:

Teodoro, proprietário de uma grande fazenda de pimentas, almejava um dia comercializar o fruto de seu árduo trabalho e, assim, fazer dele sua principal fonte de renda. Para que isso acontecesse, ele procurou a Fluxo Consultoria para tornar seu sonho realidade.

Após o contato conosco, o Sr. Pimentel optou pelo nosso item de Estudo de Viabilidade e Desenvolvimento de Fórmula, partindo do fato que o cliente, mesmo antes de nos contatar, já havia tentado fazer a sua própria especiaria. Não só isso, mas ele também queria que seu produto fosse comercializado a nível industrial. Dessa forma, também foi feito o Dimensionamento da Escala de Produção.

O cliente desejava, então, produzir uma pimenta em pó à base de pimenta malagueta juntamente com cacau. O cacau seria utilizado para quebrar um pouco do ardor da pimenta e para tornar o produto mais nobre, inovando no setor de especiarias e temperos.

 

Solucionando as principais dores:

Em primeira instância, foi realizado um estudo aprofundado sobre os produtos referência no mercado. Por meio dessa pesquisa, foram levantadas possibilidades de formulações com o intuito de que o produto fosse um diferencial em relação aos outros. Ele já apresentava em sua estrutura traços de originalidade pelo fato de utilizar a pimenta malagueta, que não é tão usualmente comercializada em pó, e a adição do cacau na composição.

Embasada nessas informações, a equipe do projeto foi capaz de desenvolver 7 possíveis composições do tempero com um afunilamento de 2 principais sabores. Por meio deles, foram realizados estudos sobre análise sensorial com mais de 50 pessoas e foram elaborados relatórios sobre aroma e sabor das pimentas em pó.

Não só isso, mas também um dos desafios para a equipe foi a seleção da embalagem para o produto, uma vez que o cliente queria que ela fosse bastante atraente para os consumidores. Para resolver esse problema, foram selecionadas duas embalagens, uma embalagem de vidro mais chamativa para ir à mesa e uma segunda embalagem stand up pouch, capaz de servir como refil.

 

Resultados obtidos:

Como principais resultados, mediante as diferentes formulações e análises sensoriais, foi possível chegar na formulação final do tempero de pimenta, conseguindo mesclar com precisão a ardência da pimenta e a suavidade do cacau.

Além disso, conseguimos metrificar os insumos suficientes para começar o dimensionamento da produção da pimenta em pó com a realização de uma linha produtiva estruturada e o reconhecimento das demandas técnicas de cada uma das fases do processo produtivo.

 

Conhecimentos utilizados nesse projeto:

Estudo de Embalagens

Uma das peças principais para a elaboração de qualquer produto é determinar em qual recipiente ele será armazenado. Foram levantadas mais de 6 possíveis embalagens para a pimenta em pó e, considerando fatores como custo benefício, opção e necessidades do cliente, houve o afunilamento das possibilidades, o que resultou na indicação de duas embalagens ideais.

Análise Sensorial Prática

Bastante diferente do que era feito no setor químico e alimentício, foram selecionadas 2 formulações de pimentas para testes sensoriais, as quais foram distribuídas entre os membros da empresa e terceiros. Assim, obteve-se um espaço amostral considerável para podermos determinar o tempero preferível no mercado.

Cliente: Teodoro

Gerente: Érika Henrique

Consultores: Cecília Cassar e Thaís Cândido

Projetos Relacionados

Gostou do serviço?

Quer solucionar o seu problema e também fazer parte como um dos nossos cases de sucesso?

Nos siga nas redes sociais

Não tem certeza do que você precisa?

Fale diretamente com um dos nossos consultores! Assim, nós poderemos entender melhor qual o seu problema e te recomendar uma solução.