skip to Main Content
Neutralização De Carbono Da Conferência Anprotec

Entendendo a dor do cliente

O cliente Maurício foi o responsável pela 27a Conferência Anprotec de 2017, o maior evento de empreendedorismo inovador da América Latina, sendo organizado em conjunto com o SEBRAE. O evento ocorreu no parque tecnológico da UFRJ e objetivou a comemoração do aniversário de 30 anos da Conferência Anprotec, tendo como tema central “Inovação e empreendedorismo transformando cidades”. 

Assim, o evento em questão foi uma conferência nacional realizada na UFRJ, no Centro de Convenções SulAmérica, e possuía como um dos pilares uma pegada sustentável. Sabendo que um dos impactos ambientais que mais tem crescido nas últimas décadas são as emissões de gases de efeito estufa devido a atividades como uso de combustíveis fósseis e consumo de energia elétrica, o senhor Maurício encontrou o nosso site e se empolgou com a ideia de contratar um serviço de neutralização de carbono. 

Conferência AnprotecEntregando a solução

O registro de quanto um determinado evento polui e quais possíveis danos ao ambiente estão agregados ao mesmo não é simples, mas é de extrema importância para entender a complexidade das emissões e quais atividades são percentualmente mais significativas. Assim, o projeto de neutralização de carbono consistiu em identificar as principais fontes emissoras de dióxido de carbono, metano e óxido nitroso, por exemplo, escolhidos previamente dentre a gama de gases causadores de efeito estufa.

As emissões são contabilizadas através de uma série de cálculos que envolvem variáveis como tempo de uso de equipamentos ou então distância percorrida por um meio de transporte, por exemplo. Assim, após a quantificação de cada gás, é feita uma conversão para carbono equivalente, unificando a unidade de medida. Com esses valores é possível contabilizar quantas mudas são necessárias para neutralizar o total de emissões, em um espaço de tempo fixo. 

No caso da Conferência Anprotec, escolheu-se separar a emissão de gases de efeito estufa do evento em três vertentes, visto que estas seriam as mais significativa. Assim, elas seriam emissões provenientes de: 

  • Combustíveis fósseis pelos transportes utilizados pelos organizadores, congressistas e palestrantes;
  • Consumo de energia elétrica e gás de cozinha durante as atividades do evento; 
  • Fabricação de materiais disponibilizados aos congressistas durante o evento e destinação dos principais resíduos produzidos. 

Dessa maneira, previamente ao evento, detalhes como quantidade de energia elétrica que seria utilizada e emissões devido ao transporte dos materiais já foram mapeadas, além de uma estimativa da quantidade de resíduos que seriam gerados. Também foi preparada com antecedência uma planilha para o cálculo das emissões a partir do transporte, de modo que a quantificação dessa atividade fosse realizada no momento da inscrição no evento. 

Com esses dados prévios foi realizado uma estimativa da quantidade de mudas utilizadas para a neutralização. Isso porque o cliente desejava exibir em um telão a quantidade de mudas que seriam plantas, de forma a expandir a consciência ambiental do evento. 

Assim, os inscritos que chegavam no evento podiam ser logo direcionadas para stand da Fluxo, para fazer seu cadastro. Um membro da Fluxo o recebia e já possuía tudo pronto para calcular no momento da inscrição o emitido pelo inscrito. No questionário havia diversas perguntas, como seu local de origem e o veículo utilizado para seu deslocamento até o evento. 

membros da Fluxo no stand da conferência Anprotec

Colhendo resultados

Sabendo a pegada de carbono ao participar do evento de um determinado inscrito, foi distribuído um saco de sementes para o participante levar para casa, assim como outras sementes para serem plantadas na hora, em um espaço de aproximadamente 3m x 3m, aumentando assim o engajamento ambiental dos participantes. 

As emissões durante o evento, que durou 3 dias, totalizaram aproximadamente 205 toneladas de carbono equivalente, o que pode ser neutralizado em um horizonte de 10 anos a partir do plantio de 1233 mudas de árvores.

Os clientes ficaram satisfeitos com o que foi entregue e com a participação da Fluxo, comentando inclusive sobre a simpatia dos membros no stand, tornando o evento uma experiência única. Atualmente, já foram plantadas mais de 1000 mudas no Horto do Parque Tecnológico a fim de neutralizar as emissões. 

Gerente: Giulia

Consultora: Ana Caroline Vieira

Cliente: Sr. Maurício

Identificou-se com esse projeto? Quer contratar um serviço de neutralização de carbono?

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *